as a service

Com modelos “as a service”, 5G habilita avanço da Indústria 4.0

2 minutos de leitura

Com implementações “as a service”, a maior velocidade de conexão e baixa latência do 5G apoiam aplicações maduras na indústria 4.0



Por Redação em 17/03/2022

Com modalidades de soluções “as a service”, mais indústrias tendem a entrar, de vez, na era 4.0. E o motivo é simples: melhor desempenho. Em 2020, no auge da pandemia, um estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) confirmou isso ao identificar que as empresas com tecnologias de indústria 4.0 lucraram mais e conseguiram manter, ou até ampliar, o quadro de funcionários. Agora, com a chegada do 5G, previsto para entrar em funcionamento no segundo semestre, tudo isso tende a ser amplificado. Afinal, a nova conectividade habilita a aplicação de tecnologias para a implementação de um modelo de produção automatizado, conectado e sincronizado.

É o que defende a Embratel. Em conteúdo publicado no jornal Valor, a companhia pontuou que, depois de anos investindo em inovação, as indústrias 4.0 estão prontas para dar um salto no uso de Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Machine Learning e Realidade Aumentada. “O 5G vai habilitar outras tecnologias na indústria, que consomem uma quantidade enorme de processamento computacional e demandam baixa latência, o tempo de resposta na rede”, disse Marcello Miguel, diretor executivo de marketing e negócios da Embratel.

Segmentação da Infraestrutura e modelos “as a service”

as a service

Com o 5G, segundo ele, é possível compartilhar a infraestrutura dos provedores de serviços, fatiando a rede pública dos provedores. “Essa segmentação da infraestrutura da operadora ou do service provider vai oferecer camadas dedicadas da rede, para atender demandas da indústria ou de uma aplicação específica”, disse. 

Dessa forma, destacou ele, o 5G permite melhorar o controle da produção, em busca de processos cada vez mais eficientes e inteligentes, com sistemas e pessoas interagindo para utilizar energia, materiais e infraestrutura de forma estratégica.

À uma reportagem da CNN, Pablo Fava, CEO da Siemens, confirmou que as indústrias 4.0 têm apresentado entre 15% e 30% de ganho de eficiência em engenharia e produção. Para a Embratel, que se posiciona como habilitadora capaz de propor soluções próprias ou de parceiros para a indústria 4.0, isso demonstra o ambiente de oportunidades para a aplicação de soluções que podem ser pontuais ou complexas, escaláveis e interconectadas.

“Temos condições de entregar soluções distintas, de acordo com a posição em que nossos clientes se encontram, seguindo a modalidade ‘as a service’, com toda a camada de gerenciamento e suporte necessárias para que o cliente tenha a tranquilidade de acionar um único fornecedor”, disse  Marcello Miguel, elencando quatro, das várias possibilidades concretas de aplicação para esse salto de qualidade na indústria 4.0. 

4 possibilidades concretas para indústrias 4.0

1. Aplicativo com foco em segurança 

Por meio de um app, um sistema interligado com câmeras e sensores facilita o envio de alertas, especialmente para casos de urgência.

2. Serviços de menu digital

Com aplicações em áreas como facilities e hospitality, a plataforma digitaliza listas de produtos e serviços, com a possibilidade de efetuar pedidos.

3. Soluções geoespaciais

Combinam informações fornecidas por imagens de radar e imagens de satélites e sensoriamento terrestre.

4. Serviços de infraestrutura e gestão para planta industrial

As soluções incluem postes inteligentes com hub de monitoramento por câmeras que conectam monitoramento de gases, além de eficiência energética, CFTV com rede neural e rastreamento de veículos e de carga com logística inteligente.



Matérias relacionadas

Conectividade

China e Estados Unidos lideram ranking de implantação do 5G

As duas economias têm o maior número de cidades com 5G, considerando um levantamento global da Viavi; 2 mil cidades já têm a tecnologia

Security by Design Conectividade

O que é Security by Design?

Conceito envolve testes para encontrar vulnerabilidades desde os primeiros estágios de desenvolvimento de uma solução

5G varejo Conectividade

5G é determinante para a transformação digital no varejo

Tecnologia e conectividade são fundaementais para a transformação digital do varejo e melhoria da experiência do cliente

conectividade Conectividade

Conectividade é primordial para o desenvolvimento do país, aponta estudo

Relatório mostra que a grande maioria dos trabalhadores defendem internet segura e confiável para todos