tic esg

Setor TIC está comprometido com agenda ESG, aponta Brasscom

2 minutos de leitura

Relatório da Associação das Empresas de TIC e de Tecnologias Digitais (Brasscom) mostra que o setor está comprometido com boas práticas ambientais, sociais e de governança



Por Redação em 17/06/2022

O mercado de TIC do Brasil, formado por empresas provedoras de conectividade, hardware, software, serviços de tecnologia, segurança da informação, entre outras organizações da área de tecnologia, está comprometido com as metas globais de descarbonização e tem adotado algumas estratégias para reduzir suas emissões. A conclusão é do Relato Consolidado de ASG, elaborado pela Associação das Empresas de TIC e de Tecnologias Digitais (Brasscom).

De acordo com o documento, algumas tecnologias atuais, embora sejam muito relevantes para a sociedade e para o mundo dos negócios, trouxeram efeitos colaterais danosos ao planeta, como aumento de emissões de gases de efeito estufa, excesso de resíduos e degradação de ecossistemas. 

Cientes deste contexto, as empresas do macrosetor de TICs têm adotado políticas e compromissos em sintonia com a chamada agenda ESG, que engloba boas práticas ambientais, sociais e de governança. 

Iniciativas ESG usam soluções tecnológicas

O documento da Brasscom analisou iniciativas de 67 empresas do segmento. No pilar ambiental, o relatório mapeou 527 ações, com destaque para redução da emissão de carbono e eficiência energética; reciclagem e economia circular; gestão do uso da água; gestão ambiental; e tecnologia de transformação digital para ações sustentáveis.

“Observamos investimentos, por parte das big techs, em produção de energia renovável e em estratégias para cloud efficiency, ou seja, de formar datacenters mais preocupados com a relação ambiental. Além disso, os prédios verdes chamaram atenção na parte ambiental, bem como outras iniciativas que demonstram a preocupação com a sustentabilidade”, disse Helena Loiola, coordenadora de inteligência da Brasscom, durante o TecForum 2022.

O relatório mostrou que o maior número de ações foi em governança, com 672 iniciativas, dentre as quais se destacam o compromisso com a equidade de gênero dentro da corporação, a privacidade e segurança dos dados, a remuneração e ambiente de trabalho adequados com o mercado, as soluções de tecnologia para governança e o compromisso com padrões éticos.

No âmbito social, as ações voltadas para diversidade, equidade e inclusão chamaram a atenção, assim como investimentos nos funcionários e em educação e apoio ao empreendedorismo e inovação. No total, foram 422 ações mapeadas pela Brasscom.

Na avaliação da entidade, o grande diferencial das iniciativas focadas em ESG adotadas pelas empresas do setor de TICs é a aplicação de soluções tecnológicas para garantir credibilidade e transparência nos processos internos e melhor relacionamento com clientes, fornecedores e comunidade.



Matérias relacionadas

Estratégia

Governança, risco e compliance são pilares da conformidade. Entenda o porquê

GRC, sigla para governança, risco e compliance, envolve práticas que reduzem custos corporativos, proporcionam maior segurança nos processos e transparência na operação

abandono de carrinhos Estratégia

Mais de 80% dos usuários abandonam carrinhos em e-commerces

As razões para o abandono de carrinhos são as mais diversas. Porém, o uso de tecnologia para integração da cadeia logística é uma alternativa para reduzir esse índice

esg transformacao digital Estratégia

Entenda como a transformação digital contribui para o ESG

Soluções de automação, análise de dados, cibersegurança e nuvem, entre outras, contribuem para que as empresas aprimorem seus processos e economizem recursos

guerra cibernetica Estratégia

Todos são alvos em uma guerra cibernética

A guerra entre Rússia e Ucrânia mostra que mesmo aqueles distantes dos conflitos físicos podem ser afetados