4 dicas rápidas para ajudar a implementar assistentes inteligentes em uma empresa

4 dicas rápidas para ajudar a implementar assistentes inteligentes em uma empresa

2 minutos de leitura

Assistentes inteligentes terão mais espaços nas empresas em 2019. Confira dicas que podem agilizar as operações do seu negócio.



Por Redação em 08/02/2019

Principais destaques:
– Assistentes virtuais e inteligência artificial podem agilizar operações e melhorar processos de funcionários e clientes;
– Trabalho em equipe, usabilidade, roadmap e testes ajudam na implementação e criação de valor;
– Pesquisa feita nos EUA e Europa mostra que 40% das empresas esperam implementar essas tecnologias em 2019;
– Cortana da Microsoft é a assistente mais utilizada;
– Principal uso das tecnologias é para conversão de voz para texto.

Os assistentes virtuais e a inteligência artificial podem agilizar as operações e atender melhor às necessidades de funcionários e clientes de uma organização. E essas tecnologias deverão ter mais espaços nas empresas em 2019. É o que mostra o site CIO (conteúdo em inglês), usando dados de relatório da comunidade online de TI Spiceworks.

A pesquisa mostrou que 40% das organizações com mais de 500 funcionários esperam implementar um ou mais assistentes virtuais ou chatbots com inteligência artificial em seus dispositivos em 2019. O estudo entrevistou 529 empresas de tecnologia da América do Norte e Europa, em março do ano passado.

A sua empresa está com esse plano no horizonte? Veja 4 dicas sobre como implementar (e/ou manter) um serviço de assistente virtual.

Implementar e manter um assistente virtual envolve muito mais gente do que apenas o setor de TI
Implementar e manter um assistente virtual envolve muito mais gente do que apenas o setor de TI

Dicas para ajudar sua empresa a implementar assistentes virtuais

Enfatize o trabalho em equipe
Desenvolver, implementar e manter uma assistente virtual nada mais é do que integrar todos os times da empresa, como TI, atendimento ao cliente, RH, entre outros.

Garanta que a tecnologia é amigável
“A tecnologia deve ser útil, de fácil acesso e de fácil utilização”, diz o IT CTO do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa (JPL), Tom Soderstrom, ouvido pela reportagem da CIO. A agência espacial norte-americana foi usada como um exemplo de como os funcionários conseguem ter respostas rápidas, amigáveis e precisas para assuntos relacionados ao ambiente de trabalho.

Tenha um roadmap em mente
É importante a empresa ter uma estratégia para o uso de assistentes virtuais para ganhar valor. Identifique qual tipo de interação você precisa (e vá progredindo conforme ganhe experiência no uso da tecnologia) e avalie constantemente a experiência de quem faz uso dos assistentes.

Aprenda fazendo
Ao implementar uma assistente virtual, peça dicas e feedback aos colaboradores e clientes para saber por onde começar e quais serão os próximos passos. É preciso considerar também a construção de assistentes específicos para fins específicos.

O que diz o relatório da Spiceworks

As empresas que possuem assistente virtual e inteligência artificial utilizam essas tecnologias na área de TI (53%), no setor administrativo (23%) e no de atendimento ao cliente (20%).

Já das organizações que não utilizam essas plataformas, 50% não implementaram devido à falta de demanda, 29% preocupam-se com segurança e privacidade e 25% pensam no custo para a empresa.

Mesmo com a crescente adoção de inteligência artificial, somente 20% dos profissionais de TI concordam que a empresa em que trabalham têm habilidades, talentos e recursos adequados para implementar essa tecnologia.

Dois dados sobre quem usa assistente virtual e IA

Das empresas que já possuem a tecnologia:
49% utilizam Cortana (Microsoft)
47% utilizam Siri (Apple)
23% utilizam Google Assistente
13% utilizam Alexa (Amazon)

Como elas usam a tecnologia:
46% utilizam para conversão de voz para texto
26% para dar suporte à equipe
24% para gerenciar o calendário dos funcionários
14% para chatbots e assistentes de AI para atendimento ao cliente
13% para gerenciamento de help desk de TI


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

computacao em nuvem Estratégia

Computação em nuvem pode gerar economia de US$ 3 trilhões até 2030

Relatório da consultoria McKinsey aponta melhorias que a tecnologia vai agregar

golpes digitais cresceram Estratégia

Golpes digitais cresceram 35% em 2023

Os golpes bancários ainda lideram a lista por segmentos, no Brasil

ia em bancos Estratégia

Uso de IA em bancos traz hiperpersonalização de atendimento

Instituições financeiras apostam na tecnologia para replicar conceito de private banking no varejo

tentativas de fraude Estratégia

Vendas de fim de ano registram cerca de R$ 83,8 milhões em tentativas de fraude

Contudo, estudo realizado pela ClearSale revelou queda de 15,7% no valor das tentativas, em relação a 2022