Embratel EDR garante segurança contra ataques cibernéticos

< 1 minuto de leitura

Uma solução de segurança para servidores físicos, virtuais ou em nuvem: essa é a definição do Endpoint Defense and Response (EDR) da Embratel



Por Redação em 13/05/2022

A maior digitalização trouxe inúmeros benefícios para as empresas e para a sociedade. No entanto, todos os usuários precisaram aprender a lidar com um grave problema decorrente disso, o risco de ataques cibernéticos. Roubo de dados e outros crimes, como os conhecidos como ransomware, acabaram se tornando frequentes, em decorrência da vulnerabilidade dos sistemas. Um novo produto da Embratel, o Endpoint Defense and Response (EDR), foi lançado justamente com o objetivo de promover maior proteção. 

O Embratel EDR é uma solução de segurança para servidores físicos, virtuais ou em nuvem, que atua dentro e fora da rede das empresas, seja para implementar o home office, seja para migrar os serviços da organização para a nuvem.

O EDR conta com funcionalidades como anti-ransomware, antivírus, filtro de conteúdo, criptografia, prevenção à perda de dados e controle de aplicações e de dispositivos periféricos, detectando riscos que possam ameaçar a infraestrutura.

Conheça as funcionalidades do Embratel EDR

1. Bloqueio de ameaças

Além de identificar malwares, a ferramenta analisa comportamentos suspeitos e isola da rede dispositivos que possam trazer riscos.

2. Controle web

O EDR bloqueia sites suspeitos ou conteúdos inadequados.

3. Controle de aplicações

Apenas os administradores podem gerenciar as aplicações nos terminais.

4. Proteção de dados

A ferramenta previne a perda de informações, restringindo a transferência de arquivos que possam conter dados sensíveis.

5. Bloqueio de periféricos

Mídias e dispositivos removíveis periféricos, como mouses, fones e outros, que também podem ser invadidos também são bloqueados. 



Matérias relacionadas

redes neutras Estratégia

Redes neutras de fibra óptica viabilizam novos negócios

Redes neutras para conexão de banda larga estão amadurecendo novos modelos de negócios para provedores de acesso à internet e investidores

habilita o varejo Estratégia

Tecnologia se tornou espinha dorsal que habilita o varejo

Em entrevista, Daniel Feche, da Embratel, explica que a pandemia não só acelerou a digitalização do varejo como também mostrou a relevância das tecnologias para os negócios

home office microsoft Estratégia

Para CEO da Microsoft, home office abre várias oportunidades

Tânia Cosentino, CEO da Microsoft, diz que o home office veio para ficar e que o modelo de trabalho flexível permite que empresas, principalmente de tecnologia, retenham talentos

varejo em 2022 Estratégia

Conheça as cinco tendências para o varejo em 2022

Digitalização foi um dos motivos para o bom desempenho do setor. Conheça as demais razões para o sucesso