inteligência artificial redes elétricas

Inteligência artificial é determinante para equilibrar consumo de energia

< 1 minuto de leitura

Reduzir o consumo de energia não é importante somente sob o aspecto econômico, mas também do ponto de vista ambiental; inteligência artificial é aliada para isso



Por Redação em 10/01/2022

Um estudo recente da Nokia e da GSMA Intelligence mostrou que os softwares de inteligência artificial (IA) são essenciais para reduzir a demanda por energia elétrica nas redes de telecomunicações. Além da redução de despesas, a tecnologia é necessária para que as empresas do setor consigam minimizar a sua pegada de carbono, considerando que quanto maior o uso de energia, maiores as emissões.

Vale lembrar que nos dois últimos anos, o tráfego de dados aumentou expressivamente, em função da pandemia. Com o crescimento do trabalho e ensino remotos, conferências online, compras em e-commerces, ampliação dos serviços de streaming, entre outros, também aumentou a necessidade de equipamentos de telecomunicações e de data centers, que consomem grande quantidade de energia.

Inteligência artificial permite análise eficiente de grandes quantidades de dados

Para operar uma rede com eficiência energética, várias decisões precisam ser tomadas a cada minuto, em tempo real e em vários elementos de uma rede móvel. A inteligência artificial é a melhor estratégia para isso, pois permite que um grande volume de dados, de diferentes fontes, seja analisado de forma rápida e eficiente.

Como o consumo de energia é um custo operacional chave para todos os operadores, aqueles que atualmente não planejam usar o gerenciamento de energia impulsionado por IA correm o risco de ter uma desvantagem competitiva no longo prazo.

De acordo com dados da GSMA, 83% das operadoras de telecomunicações consideram que a melhoria da eficiência energética é uma prioridade, especialmente com o aumento da conectividade, propiciada pelo 5G. Além disso, 78% das empresas esperam que as soluções baseadas em IA sejam uma parte importante de sua estratégia de transformação de rede.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

ia na cadeia de suprimentos Estratégia

Executivo aponta ganhos com IA na cadeia de suprimentos

Para CEO da Stefanini Brasil, tecnologia pode prever e antecipar falhas em supply chain

fintechs febraban tech 2024 Estratégia

Parceria entre fintechs e bancos fortalece setor financeiro 

Evento que acontece entre 25 e 27 de junho, em São Paulo, traz uma trilha temática sobre as oportunidades conjuntas entre esses dois tipos de empresas

ciberseguranca Estratégia

Novo arsenal de golpes desafia cibersegurança

Criminosos lançam mão de tecnologias como deepfake e LLMs para atacar em várias frentes

deepfakes nas eleicoes Estratégia

Legislação pode ser aliada no combate às deepfakes 

Especialistas da área jurídica indicam necessidade de regulação do uso da tecnologia