inteligência artificial redes elétricas

Inteligência artificial é determinante para equilibrar consumo de energia

< 1 minuto de leitura

Reduzir o consumo de energia não é importante somente sob o aspecto econômico, mas também do ponto de vista ambiental; inteligência artificial é aliada para isso



Por Redação em 10/01/2022

Um estudo recente da Nokia e da GSMA Intelligence mostrou que os softwares de inteligência artificial (IA) são essenciais para reduzir a demanda por energia elétrica nas redes de telecomunicações. Além da redução de despesas, a tecnologia é necessária para que as empresas do setor consigam minimizar a sua pegada de carbono, considerando que quanto maior o uso de energia, maiores as emissões.

Vale lembrar que nos dois últimos anos, o tráfego de dados aumentou expressivamente, em função da pandemia. Com o crescimento do trabalho e ensino remotos, conferências online, compras em e-commerces, ampliação dos serviços de streaming, entre outros, também aumentou a necessidade de equipamentos de telecomunicações e de data centers, que consomem grande quantidade de energia.

Inteligência artificial permite análise eficiente de grandes quantidades de dados

Para operar uma rede com eficiência energética, várias decisões precisam ser tomadas a cada minuto, em tempo real e em vários elementos de uma rede móvel. A inteligência artificial é a melhor estratégia para isso, pois permite que um grande volume de dados, de diferentes fontes, seja analisado de forma rápida e eficiente.

Como o consumo de energia é um custo operacional chave para todos os operadores, aqueles que atualmente não planejam usar o gerenciamento de energia impulsionado por IA correm o risco de ter uma desvantagem competitiva no longo prazo.

De acordo com dados da GSMA, 83% das operadoras de telecomunicações consideram que a melhoria da eficiência energética é uma prioridade, especialmente com o aumento da conectividade, propiciada pelo 5G. Além disso, 78% das empresas esperam que as soluções baseadas em IA sejam uma parte importante de sua estratégia de transformação de rede.



Matérias relacionadas

Estratégia

Governança, risco e compliance são pilares da conformidade. Entenda o porquê

GRC, sigla para governança, risco e compliance, envolve práticas que reduzem custos corporativos, proporcionam maior segurança nos processos e transparência na operação

abandono de carrinhos Estratégia

Mais de 80% dos usuários abandonam carrinhos em e-commerces

As razões para o abandono de carrinhos são as mais diversas. Porém, o uso de tecnologia para integração da cadeia logística é uma alternativa para reduzir esse índice

esg transformacao digital Estratégia

Entenda como a transformação digital contribui para o ESG

Soluções de automação, análise de dados, cibersegurança e nuvem, entre outras, contribuem para que as empresas aprimorem seus processos e economizem recursos

tic esg Estratégia

Setor TIC está comprometido com agenda ESG, aponta Brasscom

Relatório da Associação das Empresas de TIC e de Tecnologias Digitais (Brasscom) mostra que o setor está comprometido com boas práticas ambientais, sociais e de governança