clojure

Nubank revela linguagem de programação como diferencial competitivo

2 minutos de leitura

Instituição usa e escala bem a programação funcional Clojure, considerada diferente



Por Redação em 27/04/2023

Considerado “diferente”, o Clojure foi escolhido pelo Nubank como a principal linguagem de programação da companhia. E mais do que isso, o banco tem conquistado escalabilidade usando os recursos que a ferramenta oferece. A importância dessa e outras tecnologias no dia a dia da instituição financeira devem ser comentadas pelo CEO do Nubank, David Vélez, na palestra de abertura do Web Summit Rio 2023, que acontece entre 01 e 04 de maio no Rio de Janeiro. Acompanhe a cobertura do Próximo Nível.

Conheça as vantagens do Clojure

Em um artigo sobre o tema, Heloisa Carbone, engenheira de software sênior no Nubank, explica uma lista de benefícios agregados com o Clojure mostra por quê a tecnologia é “top of mind” para a empresa.

Além de ser uma linguagem poderosa de programação, que ajudou o Nubank a construir o que Heloísa considera como melhor aplicativo de tecnologia financeira, a instituição procurava uma ferramenta que fosse o melhor em termos de qualidade, consistência e velocidade de desenvolvimento. Essas características incluem desde a excelente cobertura de testes até a documentação de qualidade.

A lista elencada pela executiva começa com a linguagem objetiva, uma vez que o Clojure é direto ao ponto e muito sucinto para criar cenários complexos. Essa característica, segundo ela, a torna uma linguagem totalmente não verbal. Resultado: mais codificação em menos tempo.

A cobertura de teste é outro destaque, uma vez que o Clojure permite a realização de testes durante a codificação. A linguagem permite ter uma infraestrutura pré-configurada para executar os testes, ao mesmo tempo em que se pode modificá-la, caso necessário. E isso pode ser feito com quase 100% de cobertura de teste de unidade, mais teste de integração. Além de garantir qualidade do serviço, esse aspecto dispensa a necessidade de mais pessoas para validar cenários.

Java e documentação ampla de programação

Três outras características justificam a eleição do Clojure pelo Nubank: interoperabilidade Java, a presença de uma comunidade de programação estimulante e a documentação de qualidade.

O primeiro quesito é fácil de explicar, pois a linguagem foi construída em cima da Java Virtual Machine (JVM), ou seja, é possível usar tudo nesse ambiente, como bibliotecas Java, frameworks ou qualquer outra implementação com Java. Já a comunidade engajada estimula a discussão e evolução da linguagem, facilitando ainda a criação de documentação de qualidade.

De acordo com os criadores do Clojure, a linguagem atinge seus objetivos ao adotar uma plataforma aberta que é padrão na indústria (JVM) e ao modernizar uma linguagem venerável (Lisp), promovendo a programação funcional com estruturas de dados persistentes imutáveis, além de fornecer suporte integrado de simultaneidade por meio de memória transacional de software e agentes assíncronos.



E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

carlos eduardo gabriel Estratégia

Citi avança no uso de inteligência artificial

Com Centro de Excelência em Inteligência Artificial (CoE), o banco conduz estratégia para aprimorar práticas e adoção da tecnologia, explica especialista de dados da instituição

relatorios esg Estratégia

Relatórios ESG obrigatórios ganham protagonismo

Empresas de capital aberto vão precisar se adaptar à regulação, que começa em 2026

regulamentação ia Estratégia

UE aprova regulamentação do uso da IA

A União Europeia é pioneira com o projeto de lei original, apresentado pela primeira vez em abril de 2021

ciberataques na nuvem Estratégia

Ciberataques na nuvem se tornam mais frequentes e perigosos

Relatório da CrowdStrike revela que esse tipo de ataque cresceu em 75% dos casos em 2023