Febraban Tech 2024 Febraban Tech 2024

Omnichannel: qual o próximo passo?

< 1 minuto de leitura

Para Amanda Andreone, a oferta ao cliente baseada em insights e dados é o grande caminho



Por Redação em 27/06/2024

O mercado brasileiro, em termos de experiência do cliente, tem diversos níveis de maturidade. “No fundo, para mim, o que é fundamental na omnicanalidade é o fato de conseguirmos tirar insigths e propor estratégias, além de reagir ao que está acontecendo com o cliente em tempo real. Então, por traz dessa estrutura toda que permite uma experiência mais fluída, mais personalizada onde o cliente é percebido como um indivíduo especial (que é o que todos nós desejamos), temos como bastidor o dado, que é justamente onde conseguimos retirar da tecnologia (que está aí para isso), os insights, e a partir desses insights tomar decisões para oferecer ao cliente ainda mais personalização”, apontou a Country Manager da Genesys.

Amanda Andreone

Em entrevista exclusiva à série: “Próximo Nível”, produzido durante a Febraban Tech 2024, em parceria com o The Shift, a especialista falou ainda sobre o desafio dos bancos em relação à quantidade de clientes que esperam o atendimento personalizado, a hiperpersonalização e a interoperabilidade como facilitadora do Omnichannel.

Veja outras entrevistas produzidas em parceria com a The Shift no Febraban Tech 2024:
Tânia Consentino, Microsoft

Maria Teresa Lima, Embratel

Carolina Sansão, Febraban

Marisa Reghini


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

loyalty techs Estratégia

Mercado de loyalty techs será de US$ 25,8 bi em 2028

Projeção é apontada por estudo da consultoria Research and Markets

fraudes bancarias Estratégia

Tentativas de fraudes bancárias evitadas chegam a R$ 766 milhões no Brasil

Aumento do ticket médio é o que mais assusta em levantamento da ClearSale

hiperpersonalizacao fidelidade Estratégia

A hiperpersonalização é o próximo nível no mercado de fidelidade

Para Fernanda Barchese, da Livelo, a hiperpersonalização permitirá o acompanhamento da jornada do cliente e as escolhas das melhores recompensas

instituicoes Estratégia

Inteligência artificial eleva o poder das instituições  

Para Tania Cosentino, da Microsoft, em pouco tempo não viveremos mais sem a inteligência artificial