mulheres negras

Setor de TIC aumenta contratação de negros pela primeira vez na história

< 1 minuto de leitura

Relatório da Brasscom demonstra o avanço, mas entidade vê necessidade de inclusão ainda forte no Brasil



Por Redação em 20/12/2022

A diversidade racial e de gênero ganhou fôlego no setor de TI e telecomunicações (TIC) no ano passado, segundo o recente relatório da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais (Brasscom). Pela primeira vez, o estudo destaca que houve uma maior contratação de mulheres mulheres negras (13,3% a mais) em 2021. Entre homens negros, o crescimento foi de 10,7%. Ao todo, no ano passado, foram contratados 34,5 mil profissionais negros no setor de TIC. 

Brasscom espera mais avanços na contratação de mulheres negras

Apesar do crescimento, a própria associação destaca que é necessário manter ações que levem ao aumento da empregabilidade de profissionais negros no setor, principalmente de mulheres negras, que ainda representaram apenas 11,6% do percentual de 1,1 milhão de profissionais do setor. Já os homens negros representaram 18,4% do total.

“A participação de homens e mulheres brancas ainda é majoritária, com 53% da empregabilidade do setor de TIC, sendo superior aos demais grupos étnicos: negros 30%, asiáticos 1%, indígenas 0,1% e não declarados 16%”, pontua o relatório.

O documento compara a disparidade das contratações em TIC com as informações disponibilizadas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), onde 55% da população se declara preta ou parda. “A temática de diversidade e inclusão é uma das principais pautas da Brasscom e temos buscado nos últimos anos promover e naturalizar desigualdades do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)”, ressaltou o comunicado oficial da entidade. 

‘’Estamos avançando e consideramos uma vitória esse número, especialmente no que tange ao aumento das mulheres pretas no setor de TIC. Mas ainda temos muito trabalho a fazer para garantir a equidade racial e de gênero no setor’’ disse o presidente da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

gen ai preocupa Estratégia

Ascensão de GenAI preocupa líderes de compliance e privacidade

Segundo o Gartner, 70% dos líderes jurídicos, de compliance e de privacidade demonstram preocupação com a rápida ascensão de GenAI

tendencias para 2024 Estratégia

Transformação digital: confira 6 tendências para 2024

Os gastos globais com tecnologia ultrapassaram os US$ 4,5 trilhões em 2023, segundo o Gartner

ransomware Estratégia

Aumenta o número de vítimas de ransomware

Mais de 70% das organizações globais já foram assediadas por ransomware e tiveram consequências financeiras

politica nacional de ciberseguranca Estratégia

Política Nacional de Cibersegurança entra em vigor no Brasil

Entre os objetivos detalhados do decreto está prevista a regulação, fiscalização e controle para aprimorar a segurança e a resiliência cibernética nacional