mulheres negras

Setor de TIC aumenta contratação de negros pela primeira vez na história

< 1 minuto de leitura

Relatório da Brasscom demonstra o avanço, mas entidade vê necessidade de inclusão ainda forte no Brasil



Por Redação em 20/12/2022

A diversidade racial e de gênero ganhou fôlego no setor de TI e telecomunicações (TIC) no ano passado, segundo o recente relatório da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais (Brasscom). Pela primeira vez, o estudo destaca que houve uma maior contratação de mulheres mulheres negras (13,3% a mais) em 2021. Entre homens negros, o crescimento foi de 10,7%. Ao todo, no ano passado, foram contratados 34,5 mil profissionais negros no setor de TIC. 

Brasscom espera mais avanços na contratação de mulheres negras

Apesar do crescimento, a própria associação destaca que é necessário manter ações que levem ao aumento da empregabilidade de profissionais negros no setor, principalmente de mulheres negras, que ainda representaram apenas 11,6% do percentual de 1,1 milhão de profissionais do setor. Já os homens negros representaram 18,4% do total.

“A participação de homens e mulheres brancas ainda é majoritária, com 53% da empregabilidade do setor de TIC, sendo superior aos demais grupos étnicos: negros 30%, asiáticos 1%, indígenas 0,1% e não declarados 16%”, pontua o relatório.

O documento compara a disparidade das contratações em TIC com as informações disponibilizadas pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), onde 55% da população se declara preta ou parda. “A temática de diversidade e inclusão é uma das principais pautas da Brasscom e temos buscado nos últimos anos promover e naturalizar desigualdades do setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)”, ressaltou o comunicado oficial da entidade. 

‘’Estamos avançando e consideramos uma vitória esse número, especialmente no que tange ao aumento das mulheres pretas no setor de TIC. Mas ainda temos muito trabalho a fazer para garantir a equidade racial e de gênero no setor’’ disse o presidente da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

computacao em nuvem Estratégia

Computação em nuvem pode gerar economia de US$ 3 trilhões até 2030

Relatório da consultoria McKinsey aponta melhorias que a tecnologia vai agregar

golpes digitais cresceram Estratégia

Golpes digitais cresceram 35% em 2023

Os golpes bancários ainda lideram a lista por segmentos, no Brasil

ia em bancos Estratégia

Uso de IA em bancos traz hiperpersonalização de atendimento

Instituições financeiras apostam na tecnologia para replicar conceito de private banking no varejo

tentativas de fraude Estratégia

Vendas de fim de ano registram cerca de R$ 83,8 milhões em tentativas de fraude

Contudo, estudo realizado pela ClearSale revelou queda de 15,7% no valor das tentativas, em relação a 2022