tentativas de fraude

Vendas de fim de ano registram cerca de R$ 83,8 milhões em tentativas de fraude

2 minutos de leitura

Contudo, estudo realizado pela ClearSale revelou queda de 15,7% no valor das tentativas, em relação a 2022



Por Redação em 11/01/2024

O final do ano é uma das épocas mais esperadas pelo varejo brasileiro, uma vez que o Natal representa um aumento significativo nas vendas – o que, consequentemente, resulta no aumento do faturamento das empresas. Contudo, à medida que as compras aumentam, surgem também as tentativas de fraude. Um estudo realizado pela ClearSale revelou que tentativas de fraude evitadas na temporada natalina, em 2023, atingiram o valor de R$ 83,8 milhões.

Esse dado representa uma queda de 15,7% em comparação ao mesmo período de 2022. O levantamento foi feito observando as ações online no intervalo entre os dias 11 e 25 de dezembro.

Segundo o levantamento, foram computadas cerca de 76,6 mil tentativas de ações fraudulentas. Em relação a 2022, o índice de tentativas teve uma redução de 15,2%. O ticket médio da fraude foi de R$ 1.092,65.

Para Matheus Manssur, superintendente comercial da ClearSale, era de se esperar que os fraudadores direcionassem seus golpes para a temporada natalina, “capitalizando a vulnerabilidade de consumidores e varejistas imersos nas compras de fim de ano”. Em sua avaliação, é notório que as empresas ampliaram seus recursos de segurança para o aumento nas vendas durante datas sazonais, como o Natal. “Não à toa, os dados revelam uma queda nas tentativas de fraude no final de 2023, mas, ainda assim, é importante que empresas e consumidores permaneçam vigilantes e intensifiquem a segurança durante as compras”, apontou.

Tentativas de fraude por categoria

tentativas de fraude

Entre as categorias que mais sofreram tentativas de fraude estão:

  • eletrodomésticos (5,5%), com ticket médio de R$ 865,67; 
  • celular (5,2%), com ticket médio de R$ 1.405,72;
  • bebidas (5%), com ticket médio de R$ 580,26;
  • eletrônicos (3,2%), com ticket médio de R$ 3.439,69; 
  • automotivo (3,1%), com ticket médio de R$ 1.411,69. 

Região Sudeste registrou melhor índice de combate a fraudes

O estudo ainda revelou os dados por regiões. Nesse caso, a região Norte seguiu na liderança das tentativas de fraude, registrando 1,8% dos casos, com mais de R$ 2,4 milhões em fraudes evitadas no período. 

A região Nordeste, com 1,7%, equivalente a R$ 15,9 milhões, ficou com a segunda colocação, seguido da região Centro-Oeste, que apresentou 1,3%, e cerca de R$ 6,7 milhões. A região Sudeste atingiu 1,4%, ultrapassando R$ 52 milhões e, por fim, a região Sul com 0,7%, cerca de R$ 6,2 milhões em tentativas de fraude.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

ransomware Estratégia

Aumenta o número de vítimas de ransomware

Mais de 70% das organizações globais já foram assediadas por ransomware e tiveram consequências financeiras

politica nacional de ciberseguranca Estratégia

Política Nacional de Cibersegurança entra em vigor no Brasil

Entre os objetivos detalhados do decreto está prevista a regulação, fiscalização e controle para aprimorar a segurança e a resiliência cibernética nacional

computacao em nuvem Estratégia

Computação em nuvem pode gerar economia de US$ 3 trilhões até 2030

Relatório da consultoria McKinsey aponta melhorias que a tecnologia vai agregar

golpes digitais cresceram Estratégia

Golpes digitais cresceram 35% em 2023

Os golpes bancários ainda lideram a lista por segmentos, no Brasil