investimentos em ia

C-Levels pretendem aumentar investimentos em IA em 2024

2 minutos de leitura

Levantamento da Data-Makers e CDN contou com 373 lideranças executivas. Entre elas, 56% acredita que inteligência artificial é vital para os negócios



Por Redação em 05/12/2023

A Inteligência Artificial (IA) ainda é considerada tema estratégico pela maioria dos C-Levels brasileiros. Essa informação vem do levantamento feito pela Data-Makers e CDN, com 373 lideranças, que apontou que em 2023 os investimentos em IA aumentaram 33% em relação ao ano anterior, movimentando cerca de US$ 1 bilhão.

De acordo com a pesquisa, 44% dos executivos pretendem aumentar os investimentos em IA no próximo ano. Cerca de 35% dos entrevistados declararam que devem manter o percentual dos investimentos em IA como está. Por outro lado,  22% declararam que pretendem diminuir os investimentos na área de tecnologia.

Investimentos em IA: elemento importante para novos negócios 

investimentos em ia

A pesquisa realizada pela Data-Makers e CDN identificou a participação de 39% dos CEOs, 58% C-Levels e 3% de conselheiros. Segundo eles, os segmentos que mais demandam são: serviços, com 15%, TI com 13% e consultoria, com 11%. 

Quando questionados sobre a importância das lideranças conhecerem sobre IA, cerca de 56% consideram esse fator extremamente importante, enquanto 38% consideram apenas importante e somente 6% razoavelmente importante. 

Contudo, quando questionados sobre o conhecimento sobre o tema, 76% admitem ter conhecimento razoável sobre inteligência artificial, enquanto 13% afirmaram não terem conhecimento sobre o assunto. 11% disseram ter conhecimento considerável sobre IA. Por outro lado, a maioria dos executivos, cerca de 56%, acredita que o tema inteligência artificial é extremamente importante para os negócios.

Durante a pesquisa, os executivos tiveram que responder a seguinte pergunta: a inteligência artificial é fundamental para a competitividade da minha empresa no futuro? Cerca de 57% concordaram totalmente, enquanto apenas 1% discordou parcialmente, e outros 12% se disseram neutros. 

No quesito “IA é prioridade para a empresa”, 23% dos executivos disseram que sim, a inteligência artificial é considerada prioridade. 

“As empresas não podem mais pensar em IA com um fim em si mesma, nem aderir a ela pelo hype. IA também não é meramente uma ferramenta para automatizar processos e reduzir custos. É importante que as empresas enxerguem o potencial de IA como um meio para gerar novos insights, processar informações e melhorar a qualidade de suas ofertas, produtos e tomada de decisão de maneira exponencial e escalável”, apontou Fabrício Fudissaku, CEO da Data-Makers.

Quase a metade dos executivos apontaram o aumento de investimentos em inteligência artificial para 2024, sendo que 44% pretendem aumentar o aporte, 35% vão manter o nível, enquanto 18% ainda não sabem. 4% dos entrevistados admitiram que irão diminuir os investimentos em tecnologia para o próximo ano.

Verbas por setores

De acordo com a pesquisa, as verbas em inteligência artificial serão destinadas da seguinte forma: 32% para  automação de processos, 29% para apoiar as tomadas de decisão, 25% para o desenvolvimento de novos produtos, 24% para processos de marketing e vendas e 23% para atendimento ao consumidor.

“A tecnologia é algo transversal e a inteligência artificial já é uma realidade que transforma os mais diferentes segmentos de negócio. Para quem trabalha com o mercado de comunicação, os horizontes são ainda mais promissores e, ao mesmo tempo, desafiadores, uma vez que a informação é o principal alimento do aprendizado das máquinas (machine learning)”, apontou Fabio Santos, CEO da CDN.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

computacao em nuvem Estratégia

Computação em nuvem pode gerar economia de US$ 3 trilhões até 2030

Relatório da consultoria McKinsey aponta melhorias que a tecnologia vai agregar

golpes digitais cresceram Estratégia

Golpes digitais cresceram 35% em 2023

Os golpes bancários ainda lideram a lista por segmentos, no Brasil

ia em bancos Estratégia

Uso de IA em bancos traz hiperpersonalização de atendimento

Instituições financeiras apostam na tecnologia para replicar conceito de private banking no varejo

tentativas de fraude Estratégia

Vendas de fim de ano registram cerca de R$ 83,8 milhões em tentativas de fraude

Contudo, estudo realizado pela ClearSale revelou queda de 15,7% no valor das tentativas, em relação a 2022