cameras de reconhecimento facial

Câmeras de reconhecimento facial farão parte da estratégia de segurança do Rio

2 minutos de leitura

Orla oceânica do Rio de Janeiro contará com apoio tecnológico para aumentar a segurança da cidade



Por Redação em 17/01/2024

A cidade do Rio de Janeiro está implantando uma nova estratégia de segurança para a orla oceânica. De acordo com a Polícia Militar (PM), câmeras de reconhecimento facial serão instaladas no percurso de 40 quilômetros da orla, que abrange a área entre as praias do Leme e Guaratiba. 

As câmeras de reconhecimento facial instaladas já estão em funcionamento, segundo o secretário estadual da PM, coronel Luiz Henrique Marinho Pires. De acordo com ele, os equipamentos já estavam em operação durante a festa da virada de ano, nas praias de Copacabana, Arpoador e Barra da Tijuca.

O sistema de reconhecimento conta com todo apoio tecnológico e deve ser estendido para outras áreas, como o monitoramento do trânsito na cidade, por exemplo. 

Projeto de câmeras de monitoramento facial no Rio

Câmeras de reconhecimento facial
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Para a PM, o objetivo do projeto que prevê a instalação de câmeras de monitoramento facial no Rio é reconhecer suspeitos de crimes e pessoas procuradas pela polícia. A expectativa é de que as câmeras sejam instaladas em toda a orla, até junho deste ano (2024).

O projeto ainda contempla a instalação de câmeras de monitoramento nos túneis de acesso às praias e nas vias expressas Linha Amarela e Linha Vermelha. 

“Essas imagens vêm para o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) e para as salas de operações dos batalhões, para a gente ter velocidade de resposta”, justificou o secretário da PM.

Primeiros resultados

Durante a festa da virada de ano em Copacabana, a Polícia Militar do Rio de Janeiro registrou a primeira prisão com o apoio das câmeras de monitoramento facial. Um homem, que tinha mandado de prisão por tentativa de homicídio em aberto, foi preso ao ser reconhecido pelas câmeras.

Câmeras de reconhecimento facial
Foto: Gov.RJ/Divulgação

Segundo informações da PM a tecnologia deve ser usada também durante o carnaval do Rio. Em princípio, o entorno do Sambódromo será monitorado, assim como outros pontos da cidade onde houver concentração de foliões.

“Temos um sistema que pode ser empregado de forma volante. A gente já tem um corredor previamente definido, que é o da [avenida Presidente] Antônio Carlos [no centro], onde desfilam os grandes blocos”, afirmou o coronel Luiz Henrique Marinho Pires. 



Matérias relacionadas

chips de ia Inovação

Tendência: o mundo precisará de mais chips de IA em 2024

Materiais são usados ​​no desenvolvimento e disponibilização de modelos de inteligência artificial

porto maravalley Inovação

Rio de Janeiro cria hub tecnológico Porto Maravalley

Presença de startups e curso superior do IMPA, dentre outras inovações, trarão novas oportunidades à zona portuária do Rio de Janeiro

ia generativa Inovação

IA generativa está entre as tendências de 2024

Na lista de tecnologias que devem se destacar em 2024, a IA generativa se destaca. Porém, para especialistas, ainda há desafios a superar

ia generativa idc Inovação

Gastos com IA generativa chegarão a US$ 143 bilhões em 2027

Avaliação da consultoria IDC mostra crescimento acima das taxas de TI