CIAB 2019 Conheça 5 casos do uso de analytics em IoT nos negócios

CIAB 2019: Conheça 5 casos do uso de analytics em IoT nos negócios

2 minutos de leitura

Serviços que englobam análise de dados se diferenciam pela capacidade de customização para clientes de bancos, indústrias e até gigantes do agronegócio.



Por Redação em 14/06/2019

Principais destaques:
– De acordo com a Gartner, 20 bilhões de objetos estarão conectados até 2020;
– A análise de dados permite que as empresas conheçam melhor os diferentes perfis de clientes;
– Combinadas, tecnologias podem dar insights para melhorar a experiência de clientes e informações para tomada de decisão.

A Internet das Coisas (IoT) pode parecer estar em um futuro distante, mas já faz parte de nosso dia a dia, por meio de diferentes dispositivos conectados à internet, como relógios, eletrodomésticos e equipamentos fitness. De acordo com a Gartner, 20 bilhões de objetos estarão conectados até 2020. Se até lá o planeta mantiver os seus 7 bilhões de habitantes, serão três vezes mais dispositivos conectados do que pessoas.

Com tamanho potencial, as empresas hoje estão oferecendo serviços a partir da combinação de IoT e do analytics para os clientes — sejam bancos, indústrias ou então os gigantes do agronegócio. Os diferenciais são a capacidade de personalização e assertividade.

No segundo dia da CIAB FEBRABAN 2019, Eduardo Polidoro, diretor de negócios de IoT da Embratel, apresentou as principais soluções da companhia na área. Para o agronegócio, a empresa possui sistemas que acompanham como uma safra financiada foi cuidada, garante a localização e a “saúde” de uma máquina custeada por instituições financeiras e realiza predições sobre colheita e preços futuros.

“O Brasil tem 64 mil hectares de cultivados e em breve deve ser o maior produtor de soja do mundo, passando os EUA. Criar soluções para este setor é fundamental”, justifica Polidoro.

Para o setor de segurança de bancos, existem soluções para validação de endereço de clientes, consulta de pontuação de crédito de consumidores e alerta proativo a parceiros sobre possíveis fraudes — quando, por exemplo, o chip do cliente é colocado em outro smartphone e operações financeiras são realizadas no novo aparelho.

Na avaliação de João Peixoto, arquiteto de soluções da Cisco, a análise de dados permite que a empresa conheça melhor os diferentes perfis de clientes e trabalhe em benefício deles. “Em qualquer que seja o setor, a segurança é vital para qualquer projeto”, destaca.

Durante a sua apresentação, Polidoro listou 5 casos de uso de IoT com o analytics nos negócios.

Fluxo em lojas / agências bancárias: análise do fluxo de pessoas em um determinado estabelecimento para controle de demanda, filas e lentidão de atendimento.

Experiência em lojas: reconhecimento de clientes para saber o que eles estão fazendo, como reagem aos produtos, o que compram e o que rejeitam.

Agronegócios: levantamento de dados sobre cultivo, colheita e situação de maquinário assegurado;

Assistentes virtuais: por meio da voz e da inteligência de dados, os assistentes virtuais conseguem oferecer produtos financeiros de acordo com os hábitos de seus usuários;

Veículos conectados: Monitoração por sensores de rotas e velocidade do carro para controle de seguradoras e empresas de aluguel de frota.

MUNDO+TECH NO CIAB FEBRABAN 2019

O Mundo+Tech está com uma cobertura especial nas palestras do CIAB FEBRABAN 2019. Clique nas matérias abaixo e saiba mais sobre o que foi debatido no maior congresso de tecnologia de informação para o setor financeiro.

>> CIAB 2019: setor bancário deve focar na experiência do consumidor para inovar
>> CIAB 2019: Bancos e financeiras apostam em IA e certificação para proteger dados
>> CIAB 2019: LGPD vem para transformar desafios em oportunidades, aponta Cindy Compert, da IBM
>> CIAB 2019: Venda de seguros por canais digitais é mar aberto para investimento de bancos



Matérias relacionadas

cidades inteligentes Inovação

Tecnologia habilita cidades inteligentes

A tecnologia permite que os municípios entendam as demandas dos cidadãos, invistam em segurança pública, melhorem o trânsito, entre outros quesitos das cidades inteligentes

usina de Ouro Branco Inovação

Parceria com Embratel habilita indústria 4.0 na Gerdau

Com tecnologia da Embratel, a Gerdau vai implantar uma rede privativa dedicada 5G e LTE 4G em uma de suas fábricas, viabilizando os conceitos da indústria 4.0

Inovação

Desenvolvimento de IA dá lugar a BPO em planejamento de CFOs, aponta Gartner

Departamentos financeiros vão investir em outsourcing para implementar inteligência artificial em seus negócios em busca de mais sucesso nos projetos

Inovação

Metaverso exigirá mais cuidado com proteção de dados

O uso de um óculos de realidade aumentada por cerca de 20 minutos pode levar à captação de 20 milhões de dados de reações, biometria e comportamento