ia e gestao de tributos

IA e gestão de tributos: tecnologia potencializa o setor

2 minutos de leitura

Entre as vantagens de ter inteligência artificial como aliada é a otimização de processos, rápida análise de dados, redução de custos operacionais e conformidade



Por Redação em 06/12/2023

Um fato conhecido sobre o sistema tributário brasileiro é a sua complexidade. Existem impostos, taxas e contribuições diversas que, inclusive, muitas vezes se sobrepõem. Nesse cenário, a gestão de tributos tornou-se crucial tanto para as instituições quanto para os indivíduos. A novidade é que a inteligência artificial pode ser uma aliada da gestão de tributos, para facilitar a vida das pessoas, principalmente no que diz respeito aos tributos públicos.

Apesar de ainda ser uma novidade, o uso de IA na gestão de tributos é considerado promissor por especialistas do ramo. A automação de processos no segmento acontece desde 2010. A partir disso, muitos aprimoramentos passaram a ser efetuados nos sistemas simples e com regras pré-definidas. 

A Make the Way, startup dedicada à transformação digital, propôs ao setor a utilização de IA para a gestão de tributos. A empresa foi impulsionada pelo movimento do mercado, em especial pelo avanço tecnológico do uso da IA, no que se refere à área de aprendizado de máquina e processamento de linguagem, além de capacidade tecnológica para a análise de dados complexos e detecção de padrões.

IA e gestão de tributos

Para Mônica Cerqueira, CEO da Make the Way, a IA desempenha um papel transformador na gestão de tributos. “Por meio da análise de grandes volumes de dados fiscais, a IA identifica padrões complexos e anomalias, possibilitando a detecção de erros, inconsistências e até mesmo possíveis práticas fraudulentas, com maior agilidade e precisão”, contextualizou a executiva. 

Segundo ela, a desenvoltura da tecnologia abriu um grande leque de possibilidades para a aplicação da IA na gestão de tributos. Na prática, essa automatização resulta, principalmente, na agilidade de processos e na redução de possíveis erros, liberando a equipe física para a realização de atividades mais estratégicas para as empresas. 

“A gestão tecnológica de tributos pode levar a uma redução nos custos operacionais e no tempo gasto em tarefas fiscais. Isso ocorre devido à automação e à maior eficiência dos processos. Além de ajudar a garantir a conformidade com as regulamentações tributárias, em constante mudança, pois é mais ágil na adaptação a novas regras e requisitos. A gestão de tributos antiga pode enfrentar dificuldades na atualização rápida diante das mudanças legislativas”, explicou a CEO.

Para garantir a segurança de dados nos processos que usam IA na gestão de tributos, a criptografia entra em cena, garantindo que as informações não sejam acessadas sem a chave de descriptografia.

“A segurança dos dados deve ser tratada como uma prioridade. A implementação cuidadosa de medidas de segurança ajuda a mitigar riscos e garantir que os dados das empresas sejam tratados de forma confiável e protegida”, completou Mônica Cerqueira.



Matérias relacionadas

chips de ia Inovação

Tendência: o mundo precisará de mais chips de IA em 2024

Materiais são usados ​​no desenvolvimento e disponibilização de modelos de inteligência artificial

porto maravalley Inovação

Rio de Janeiro cria hub tecnológico Porto Maravalley

Presença de startups e curso superior do IMPA, dentre outras inovações, trarão novas oportunidades à zona portuária do Rio de Janeiro

ia generativa Inovação

IA generativa está entre as tendências de 2024

Na lista de tecnologias que devem se destacar em 2024, a IA generativa se destaca. Porém, para especialistas, ainda há desafios a superar

ia generativa idc Inovação

Gastos com IA generativa chegarão a US$ 143 bilhões em 2027

Avaliação da consultoria IDC mostra crescimento acima das taxas de TI