IA no Detran

Detran usa IA para vistoria de carros no ES

2 minutos de leitura

Tecnologia permite a captura das imagens obrigatórias e opcionais sem a possibilidade de intervenção humana



Por Redação em 24/10/2023

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) passa a usar recursos de inteligência artificial (IA) nas atividades de vistorias de veículos no estado. De acordo com órgão, um dos objetivos é eliminar a possibilidade de intervenção humana em atividades como a captura de imagens obrigatórias e opcionais. Com isso, elimina-se a possibilidade de manipulação das imagens ou da origem. Além dessa melhoria, o registro poderá ser armazenado.

O armazenamento será feito no banco de dados da instituição, com a vantagem de impedir também a adulteração por meio de mecanismos de proteção, como chave de integridade. Outro ganho é a possibilidade de rastreabilidade das imagens em laudos finais de vistoria. O processo poderá ser ampliado para garantir também a segurança dos serviços de emplacamento, uma das tendências já verificadas em outros Detrans do país.

A lista de tecnologias inclui a biometria com garantia de presença no início e no final do vistoriador autorizado, o registro do chassi encontrado no veículo e do número do motor. O processo avança, ainda, para a foto panorâmica do veículo, por meio de câmera panorâmica fixa no estabelecimento da ECV, validando marca, modelo e cor, além da avaliação frontal e traseira, garantindo que o veículo correto está sendo vistoriado e que a placa é a correta, entre outros.

Uso de IA proporciona segurança aos serviços do Detran

Segundo o Detran capixaba, a adoção da IA na etapa de vistoria passou por testes e agora poderá ser feita por empresas credenciadas pelo órgão. A meta da instituição é padronizar e aprimorar a atividade. Um exemplo é a validação do condutor, que antes não era feita e hoje passa a ser realizada por biometria. Esse novo recurso garante que a requisição e o transporte do veículo serão realizados apenas por uma pessoa autorizada, impedindo fraudes.

A biometria também passa a ser exigida por quem realiza o serviço, otimizando a operação anterior, feita somente com login e senha. Com isso, o Detran garante que o vistoriador seja, de fato, alguém autorizado e que esteja presencialmente realizando as atividades, conforme detalha o Portal do Trânsito.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

fraudes bancarias Estratégia

Tentativas de fraudes bancárias evitadas chegam a R$ 766 milhões no Brasil

Aumento do ticket médio é o que mais assusta em levantamento da ClearSale

hiperpersonalizacao fidelidade Estratégia

A hiperpersonalização é o próximo nível no mercado de fidelidade

Para Fernanda Barchese, da Livelo, a hiperpersonalização permitirá o acompanhamento da jornada do cliente e as escolhas das melhores recompensas

instituicoes Estratégia

Inteligência artificial eleva o poder das instituições  

Para Tania Cosentino, da Microsoft, em pouco tempo não viveremos mais sem a inteligência artificial

Estratégia

Especialista defende ‘Cloud First’ diante da digitalização dos negócios

Segundo episódio da terceira temporada da websérie da Embratel, com Silvio Meira, debate o papel da migração das empresas para a nuvem