Web Summit
inteligencia artificial genai Crédito: Vaughn Ridley/Web Summit Rio – Flickr

IA deverá ser copiloto de desenvolvedores de software

2 minutos de leitura

Segundo Thomas Dohmke, da GitHub, programadores podem ser dez vezes mais produtivos usando recursos de Inteligência Artificial



Por Redação em 04/05/2023

A visão da Inteligência Artificial (IA) como copiloto de desenvolvedores de software é um dos prognósticos do Thomas Dohmke, CEO da GitHub, uma plataforma de hospedagem de código-fonte e colaboração em projetos de desenvolvimento de software. O executivo conversou sobre as tendências da tecnologia com o jornalista Pedro Dória, durante o Web Summit Rio. Além dessa avaliação, Dohmke defende que a capacidade de programação de máquina será possivelmente uma habilidade futura de grande parte da população global. Para ele, todas as organizações caminham para se tornarem empresas de software, o que vai exigir um maior número de desenvolvedores. 

E a companhia liderada por Dohmke já se posiciona para acompanhar essas tendências. Um dos destaques é a ferramenta Copilot, de Inteligência Artificial Generativa (GenAI), lançada em junho do ano passado, e projetada justamente para facilitar a tarefa de escrever longas linhas de código de computador, a partir do zero. 

Em entrevista ao Wall Street Journal, na época de lançamento, Dohmke ressaltou que “o processo de escrever código permaneceu basicamente manual”, mas os recursos de IA mudam esse universo ao executar tarefas repetitivas, a partir de sugestões de linhas de códigos. O modelo de IA da Copilot é treinado em bilhões de linhas de código, em várias linguagens e, com base nesse enorme depósito de código, sugere a próxima linha conforme os desenvolvedores digitam em aplicativos de programação.

GenAI é solução para tarefas repetitivas, proporcionando tempo criativo aos desenvolvedores

Crédito: Vaughn Ridley/Web Summit Rio – Flickr

Antes de sua apresentação durante o Web Summit, o CEO da GitHub já tinha mostrado como a função da AI como copiloto funciona na prática. Em menos de 18 minutos ele criou uma nova versão do jogo da “cobrinha”, bastante popular em telefones celulares, usando a ferramenta lançada no ano passado. 

“Eu sou Thomas e sou desenvolvedor”, disse ao iniciar a apresentação, destacando que começou a programar em 1989. Com experiência de fato na área, Dohmke argumentou que os desenvolvedores querem ser dez vezes mais produtivos e podem realizar isso usando os recursos da GenAI.



Matérias relacionadas

inclusao mulheres Inovação

Inclusão das mulheres na liderança também chega ao setor financeiro

Para Marisa Reghini, características femininas como colaboração e visão holística têm muito a contribuir para a evolução do setor como um todo

tendencias digitais Inovação

Sete tendências digitais para a década, segundo Sandy Carter

Executiva da Unstoppable Domains é especialista em web 3.0 e apontou caminhos na recente SXSW

bancos preparacao quantica Inovação

Bancos, indústrias e pesquisadores trabalham na preparação quântica

Tecnologia ainda depende de respostas da ciência básica, mas empresas já buscam antecipar as oportunidades e desafios com computação e comunicação baseadas nas propriedades de partículas elementares

privacidade drex Inovação

BC testa abordagens de privacidade nos pilotos do Drex

Tema é obrigatório para o Banco Central no desenvolvimento da nova moeda digital