5G sao paulo

Projeto quer padronizar a instalação de antenas 5G em São Paulo

< 1 minuto de leitura

Objetivo do projeto de lei é agilizar a chegada da tecnologia 5G nos 645 municípios paulistas; cidades com legislações e processos administrativos atualizados são prioritárias



Por Redação em 24/11/2021

Em 16 de novembro, o governador de São Paulo, João Doria, assinou um projeto de lei (enviado à Assembleia Legislativa) com o intuito de padronizar as leis de instalação de antenas de transmissão de sinal de 5G nos municípios do estado. O projeto, batizado como “Conecta SP”, pretende acelerar a chegada da tecnologia aos 645 municípios do estado e, para isso, as empresas vencedoras do leilão do 5G deverão fazer investimentos privados, no valor de R$ 266 bilhões, até 2025.

A iniciativa conta com outros investimento de R$ 3 milhões, que servem como incentivo para que as prefeituras modernizem as legislações municipais sobre antenas e viabilizem a aceleração do 5G. “Temos de abraçar a tecnologia, porque ela permitirá um amplo uso e práticas que levarão benefícios aos cidadãos da mais remota área rural do estado de São Paulo até os grandes centros urbanos”, disse Doria, segundo o G1.

5G no estado de São Paulo

O leilão do 5G foi realizado no início de novembro e a perspectiva é de que a tecnologia entre em vigor no Brasil a partir de 2022. Nas 26 capitais e no Distrito Federal, o prazo estabelecido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) é julho de 2022. Já para as cidades do Brasil com mais de 30 mil habitantes, o prazo de implantação é julho de 2029. 

Claro, Tim, Vivo, Winity Telecom, Sercomtel, Algar e Neko são as operadoras responsáveis pela gestão e operação do 5G no estado de São Paulo.



Matérias relacionadas

iot em servicos financeiros Conectividade

Bancos prospectam IoT em serviços financeiros

Combinação de dispositivos inteligentes e conectividade 5G abre novas possibilidades, que ainda precisam passar pelo crivo do mercado

multicloud hibrida Conectividade

Empresas melhoram resultados com uso de multicloud híbrida

Explorar os diferenciais de funcionalidades e custos dos provedores implica novas abordagens de gerenciamento e tomada de decisão

satelite da embratel Conectividade

Cindactas da Força Aérea vão usar comunicação satelital da Embratel

Comando da Aeronáutica contrata serviços na Banda C, com satélite Star One C3

baixa conectividade significativa Conectividade

Brasil tem maioria da população com baixa conectividade significativa

Levantamento do Cetic.br/NIC.br apontou que os brasileiros tem deficiências no acesso, no uso e na apropriação da rede