micromobilidade

Realidade aumentada ajuda na organização da micromobilidade

2 minutos de leitura

Cidades norte-americanas já contam com solução de realidade aumentada para localizar espaços geográficos interessantes para estacionamentos de patinetes elétricos



Por Redação em 09/06/2022

A empresa de micromobilidade elétrica Bird – que trabalha com aluguel de bicicletas e patinetes elétricas – introduziu um sistema de estacionamento visual (VPS) que utiliza realidade aumentada. A ideia é usar a tecnologia do Google API ARCore Geospatial para localizar geograficamente os espaços em que os patinetes da empresa podem ser estacionados, de forma que não atrapalhem o trânsito.

O uso da tecnologia é importante porque diversas cidades contam com diretrizes de estacionamento para que as bicicletas e patinetes não atrapalhem o fluxo de pessoas e de outros veículos. Com o Bike VPS, o usuário tem uma sugestão de como estacionar o modal utilizado e a Bird disse que os passageiros podem terminar seus passeios com mais “precisão e de maneira organizada”, ao mesmo tempo em que aderem às diretrizes de estacionamento das comunidades, em uma tentativa de manter as passarelas e rampas livres de obstruções.

Segundo notícia do site Smart Cities World, a nova API ARCore Geospatial, que também utiliza dados do Google Street View, é um divisor de águas para o negócio de micromobilidade. Com o Bird VPS, a empresa vai conseguir atender seu principal desafio em escala e sem precisar fazer investimentos em infraestrutura ou adaptação de equipamentos.

VPS de micromobilidade ainda em fase de testes

A tecnologia, que estará dentro do aplicativo da Bird e pode ser usada nos sistemas operacionais iOS e Android, deve ser disponibilizada para todos os usuários ao longo do tempo. O VPS é gratuito para as cidades parceiras da Bird e atualmente está sendo testado em Nova Iorque, San Francisco e San Diego, com planos de expansão para mais das cerca de 400 cidades onde a empresa atua.

Para usar o VPS, são necessários três passos:

  • Escanear: ao terminar um passeio, o motociclista é solicitado a escanear rapidamente a área ao redor com a câmera em seu smartphone.
  • Analisar: usando a nova API ARCore Geospatial do Google, o Bird compara instantaneamente as imagens do ciclista com as da base de dados de conhecimento do Google e imagens do Street View.
  • Estacionar: com a geolocalização em nível de centímetros, o Bird VPS permitirá que o motociclista estacione e vá embora (se estiver em conformidade com os requisitos locais de estacionamento da cidade) ou solicitará que corrija o estacionamento do veículo antes de terminar o passeio.


Matérias relacionadas

porto maravalley Inovação

Rio de Janeiro cria hub tecnológico Porto Maravalley

Presença de startups e curso superior do IMPA, dentre outras inovações, trarão novas oportunidades à zona portuária do Rio de Janeiro

ia generativa Inovação

IA generativa está entre as tendências de 2024

Na lista de tecnologias que devem se destacar em 2024, a IA generativa se destaca. Porém, para especialistas, ainda há desafios a superar

ia generativa idc Inovação

Gastos com IA generativa chegarão a US$ 143 bilhões em 2027

Avaliação da consultoria IDC mostra crescimento acima das taxas de TI

Odelio Horta Inovação

Futuro da IA é a promoção do bem-estar humano, defende Odélio Horta Filho

Executivo explica a importância da governança de dados, com base nas tecnologias habilitadoras, como a nuvem, para que órgãos públicos extraiam o melhor da IA em prol da sociedade