reconhecimento facial e biometria

Reconhecimento facial e biometria vão movimentar US$ 1,2 trilhão em 2027

< 1 minuto de leitura

Segundo Juniper Research, a autenticação de pagamentos por biometria e reconhecimento facial crescerá 365% em cinco anos



Por Redação em 15/06/2022

Pagamentos móveis remotos autenticados por biometria e tecnologias de reconhecimento facial devem alcançar US$ 1,2 trilhão globalmente até 2027, passando de US$ 332 bilhões ainda em 2022. Além disso, o volume de transações deve crescer 383% nos próximos cinco anos, alcançando 39,5 bilhões de operações em 2027.

Essa é a conclusão de um recente estudo divulgado pela Juniper Research, que estima que o crescimento (de 365%) está sendo impulsionado por recentes mudanças regulatórias, com a introdução de SCA (Strong Customer Authentication). 

Fabricantes devem aprimorar sistemas biométricos

reconhecimento facial e biometria

O estudo destaca que a pandemia acelerou o uso de pagamentos digitais e os smartphones passaram a ser um dos principais instrumentos para isso. No entanto, boa parte dos dispositivos ainda conta com sistemas de proteção baseados em PIN ou senha, embora muitos possuam sistemas de autenticação por impressão digital, considerada mais segura. 

A empresa estima que 99,6% dos smartphones já possuem recursos de reconhecimento facial e 91,5% deles contam com scanners de impressão digital. No entanto, o levantamento aponta que os fabricantes devem aprimorar os sistemas biométricos integrados nos dispositivos, seja para estimular o uso, seja para garantir que a segurança seja mantida à medida que novas ameaças surgem. Vale lembrar que a autenticação biométrica nos celulares é realizada principalmente pelo reconhecimento facial ou de impressão digital.

A Juniper Research acredita que haverá um período de transição nos próximos três a cinco anos, no qual as senhas começam a ser eliminadas em favor da biometria e soluções de autenticação, dando tempo para que a confiança do consumidor na biometria aumente ainda mais.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

ia na cadeia de suprimentos Estratégia

Executivo aponta ganhos com IA na cadeia de suprimentos

Para CEO da Stefanini Brasil, tecnologia pode prever e antecipar falhas em supply chain

fintechs febraban tech 2024 Estratégia

Parceria entre fintechs e bancos fortalece setor financeiro 

Evento que acontece entre 25 e 27 de junho, em São Paulo, traz uma trilha temática sobre as oportunidades conjuntas entre esses dois tipos de empresas

ciberseguranca Estratégia

Novo arsenal de golpes desafia cibersegurança

Criminosos lançam mão de tecnologias como deepfake e LLMs para atacar em várias frentes

deepfakes nas eleicoes Estratégia

Legislação pode ser aliada no combate às deepfakes 

Especialistas da área jurídica indicam necessidade de regulação do uso da tecnologia