seguranca online e privacidade na internet

Segurança online e privacidade na internet estarão no palco do Web Summit 

3 minutos de leitura

4,9 bilhões de pessoas no mundo usam a internet. É preciso estar atento e preparado para garantir uma experiência segura.



Por Redação em 26/04/2023

Apesar de estarem em constante evolução, os dados sobre o consumo mundial de internet são alarmantes. Cerca de 4,9 bilhões de pessoas no mundo passam algum tempo da sua vida no universo online. Isso representa cerca de 63% da população mundial. Apesar de ser atraente e, na maioria das vezes, descontraída, a internet deixou de ser um mar calmo há algum tempo. É preciso estar atento e preparado para garantir uma experiência segura. Os assuntos segurança online e privacidade na internet continuam em alta. 

O Web Summit Rio 2023 também contemplará esses temas. O maior evento de tecnologia do planeta saiu da Europa e está pousando no Rio de Janeiro, no dia 1° de maio, e segue até o dia 04. Na programação, grandes nomes da tecnologia mundial, especialistas vindos de mais de 100 países e a oportunidade de aprender mais sobre o universo inovador da tecnologia. 

O que é segurança online e privacidade na internet

Definitivamente a internet faz parte da rotina do ser humano. Hoje em dia, é raro encontrar uma criança que não tenha tido contato com o mundo digital. Adolescentes e adultos também estão no grupo das pessoas que acessam o mundo online diariamente. E por isso as discussões sobre segurança online e privacidade na internet se mantêm no centro das atenções. 

seguranca online e privacidade na internet

De forma simples, tudo o que fizemos na internet fica registrado e, sim, pode ser utilizado por outra pessoa. Assim como na vida real estamos expostos a diversas situações de insegurança, no ambiente digital não é diferente. As ameaças à segurança também existem na internet. 

Para a Kaspersky, segurança online é um termo que descreve a segurança de atividades e transações feitas pela internet. Já para privacidade na internet, entende-se o direito das pessoas de controlarem suas informações pessoais (online), dando a elas a opção de decidir quando, de que forma e com quem compartilhar tais dados. 

A segurança online e privacidade na internet também diz respeito ao comportamento online e segurança de rede.

Por que esse assunto é relevante?

Geralmente, e mesmo que não se tenha consciência disso, as informações online são coletadas, armazenadas e, em alguns casos, até compartilhadas sem consentimento. Alguns aplicativos e sites costumam solicitar seu consentimento para acessar dados pessoais e imagens, antes mesmo do usuário iniciar a aplicação. Mas nem todas as aplicações usam a tecnologia de forma ética e para beneficiar o usuário, o que pode resultar em uma série de problemas, entre eles o roubo de dados pessoais e sensíveis. Na internet, os dados têm alto valor

seguranca online e privacidade na internet

Diante disso, em 2018, a União Europeia implementou um regulamento que dá poder de escolha ao usuário, no sentido de permitir ou não o compartilhamento de informações com empresas. Aqui no Brasil, felizmente, o Marco Civil da Internet (2014) e a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados (2020), mudaram muita coisa.

Se na vida pessoal a segurança online e privacidade na internet são essenciais, imagine o peso que isso tem para as empresas que, além de tratarem seus dados empresariais, devem cuidar também dos dados pessoais dos colaboradores.

Palestras para acompanhar no Web Summit Rio

Diante da preocupação mundial com o tema e o avanço das tecnologias como a inteligência artificial, os assuntos segurança online e a privacidade na internet devem estar no centro das atenções dos especialistas no Web Summit Rio 2023.

  • Chelsea Manning, consultora de segurança da Nym, tem trazido a inteligência artificial em suas falas sobre segurança. Segundo ela, a IA foi construída com base na vigilância, mas não apresenta fortes proteções de privacidade, o que deve provocar uma distopia de dados de vigilância intensificada e possíveis deep-fakes (informações manipuladas digitalmente por meio de IA). O ponto alto da sua palestra deve revelar novas informações sobre uma possível melhora na IA com base em uma forte política de privacidade de dados. Além disso, ela deve falar sobre a importância da criptografia. 
  • Meredith Whittaker, presidente da Sinal, e Michael Isikoff, correspondente chefe de investigação Yahoo News, vão liderar outro painel que deve ser muito procurado durante o evento. Eles devem discutir o recente pedido feito por grandes nomes da tecnologia sobre a pausa na IA. A inteligência artificial se desenvolveu muito rapidamente nos últimos anos, mas qual a real necessidade dessa pausa pedida por centenas de pesquisadores e empresários em uma carta aberta no início de abril? Quais os impactos dela no ecossistema tecnológico? 
  • Jeff Shiner, CEO da 1Password, Brittany Kaiser, fundadora da Own Your Data, e JD Durkin, da Anchor TheStreet, apresentam o painel “Quão seguros são seus dados, realmente?”. Como o próprio tema diz, ao que tudo indica, ninguém está imune de invasões e roubo de dados. E as grandes empresas de gerenciamento de acessos também entram nessa lista.
  • Jeff Shiner, CEO da 1Password também participa, ao lado de Rob Pegoraro da Fast Company, do painel “Adeus Senhas!”. Uma ressalva: a 1Password, é uma empresa líder em segurança e privacidade focada no ser humano. No painel, Jeff e Rob devem explorar a possibilidade de um futuro sem senhas. Além disso, falarão sobre a importância dos desenvolvedores nesse processo.
  • Matias Woloski, cofundador e CTO da Auth0, e Damian Schenkelman, arquiteto principal da Auth0, discutirão o futuro da identidade no palco do Web Summit Rio 2023. A tendência é que eles apresentem dados sobre os desenvolvimentos mais recentes em identidade digital, mantendo métodos de segurança e preservação da identidade no topo do desenvolvimento. 

E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

hackers de yale Inovação

Hackers de Yale estão cada vez mais interessados em medicina preventiva

Além da Yale, outras 19 instituições de ensino estavam representadas para estudar o tema

robo pianista Inovação

Robô pianista é criado por estudantes brasileiros

O PianoBot foi desenvolvido por quatro alunos de Engenharia Mecatrônica do Insper

chips de ia Inovação

Tendência: o mundo precisará de mais chips de IA em 2024

Materiais são usados ​​no desenvolvimento e disponibilização de modelos de inteligência artificial

porto maravalley Inovação

Rio de Janeiro cria hub tecnológico Porto Maravalley

Presença de startups e curso superior do IMPA, dentre outras inovações, trarão novas oportunidades à zona portuária do Rio de Janeiro