empregabilidade tic

Setor de TIC começa o ano com boa empregabilidade

< 1 minuto de leitura

Relatório da Brasscom demonstra bom indicativo no início do ano e pontua a importância disso para o 5G e novas tecnologias



Por Redação em 11/04/2023

Segundo o relatório Monitor de Empregos e Salários, produzido pela Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais (Brasscom), o macrossetor de TIC começou o ano bem. Isso porque foram registrados 4,3 mil novos postos de trabalho em janeiro, sendo a maior parte gerada pelo setor de TI In House, ou seja, que diz respeito a empresas de outros setores nos quais a atividade fim não é tecnologia, mas que empregam profissionais de tecnologia.

A TI In House gerou 3.392 empregos no primeiro mês do ano, representando crescimento de 0,7% sobre o mês anterior (dezembro de 2022).

5G demanda empregabilidade em TIC

Para a Brasscom, o resultado é positivo, à medida que o cenário de tecnologia do Brasil tem novas perspectivas, impulsionadas pelo avanço do 5G e a sua natural interconexão para equipamentos e dispositivos de internet das coisas.

A associação também destaca o avanço das inteligências artificiais e outras inovações, pontuando que elas são “caminhos que requerem mão de obra especializada e que confirmam um real desenvolvimento tecnológico para o páis”.

Leia também:

Redução do déficit de talentos em TIC passa por inclusão e diversidade

Em 2022, o macrossetor de TIC criou 117 mil empregos. O volume foi menor do que no ano anterior, quando foram gerados 117 mil novos postos de trabalho. Separado somente o setor de TIC, ou seja, de empresas cuja atividade fim é tecnologia, foram criados 73 mil empregos no ano passado.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

deepfakes nas eleicoes Estratégia

Legislação pode ser aliada no combate às deepfakes 

Especialistas da área jurídica indicam necessidade de regulação do uso da tecnologia

Estratégia

Drex ganha protagonismo na Febraban Tech 

Moeda digital brasileira pode entrar em circulação até o final de 2024 e é tema de várias palestras no evento

ia seguranca Estratégia

IA versus hackers: entenda como a tecnologia pode ser aliada

Uso da IA no combate a hackers é uma tendência, inclusive combinada com ML

vp comissao europeia Estratégia

VP da Comissão Europeia defende a regulação de IA

Margrethe Vestager também falou da descentralização do processamento de IA, para reduzir consumo de energia