transformacao digital brasil

Futurecom 2022: abordagem estatal da transformação digital é fragmentada no Brasil

2 minutos de leitura

Avaliação é de presidente da Anatel, Carlos Manuel Baigorri, durante Futurecom 2022



Por Redação em 18/10/2022

A ampliação da conectividade é uma política de estado, na avaliação do presidente da Anatel, Carlos Manuel Baigorri. Mas o país ainda tem uma abordagem fragmentada do tema. Segundo ele, a transformação digital faz parte da agenda de várias instituições, como a Secretaria de Governo Digital, o Ministério da Economia, Ministério da Ciência e Tecnologia, Comitê Gestor da Internet no Brasil e a própria agência reguladora. 

transformacao digital Brasil
Reprodução: Agência Brasil | Foto por: Marcelo Camargo

“Todos atuam com o mesmo objetivo, mas o grande desafio é que atuem de forma coordenada, para explorar de forma mais eficiente as oportunidades que a transformação digital traz”, argumentou Baigorri em sua apresentação no Futurecom 2022, um dos principais eventos do setor de telecomunicações no país. 

FWA é exemplo de transformação digital fragmentada no Brasil

transformacao digital brasil

Um dos exemplos da falta de coordenação foi o leilão para a frequência de 26 GHz para aplicação da tecnologia de FWA (acesso fixo sem fio), que permite a oferta de banda larga a regiões suburbanas ou rurais. Segundo o presidente da Anatel, não houve uma coordenação entre essa oportunidade e os preços dos CPEs, ou seja, dos dispositivos que são instalados na casa dos usuários para viabilizar os serviços, que estão com uma precificação alta. 

A precificação também tem limitado a conectividade em algumas camadas sociais. Baigorri destacou que, entre as classes D e E, é comum que os planos de conectividade pré-pagos durem metade do mês. 

A sugestão do presidente da Anatel é de repensar a transformação digital com a participação de vários órgãos do estado, seja por meio de um novo marco legal ou de uma camada de governança. “Precisamos construir isso, reposicionar o estado brasileiro na transformação digital”, explicou. 

Segundo ele, o primeiro passo desse reposicionamento pode ser dado na comemoração do aniversário da Anatel em novembro, quando se espera a reunião de várias entidades em um mesmo espaço e com o mesmo objetivo.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

fraudes bancarias Estratégia

Tentativas de fraudes bancárias evitadas chegam a R$ 766 milhões no Brasil

Aumento do ticket médio é o que mais assusta em levantamento da ClearSale

hiperpersonalizacao fidelidade Estratégia

A hiperpersonalização é o próximo nível no mercado de fidelidade

Para Fernanda Barchese, da Livelo, a hiperpersonalização permitirá o acompanhamento da jornada do cliente e as escolhas das melhores recompensas

instituicoes Estratégia

Inteligência artificial eleva o poder das instituições  

Para Tania Cosentino, da Microsoft, em pouco tempo não viveremos mais sem a inteligência artificial

Estratégia

Especialista defende ‘Cloud First’ diante da digitalização dos negócios

Segundo episódio da terceira temporada da websérie da Embratel, com Silvio Meira, debate o papel da migração das empresas para a nuvem