vagas em ti

Vagas de empregos em TI crescem 120% em 10 anos

< 1 minuto de leitura

São Paulo, com 42% dos empregos de TI em 2021, lidera o ranking, seguido por Minas Gerais (9%), Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, com 7%



Por Redação em 15/02/2023

A Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação do Paraná (Assespro-PR) divulgou um levantamento que indica que o número de vagas do setor de tecnologia da informação cresceu 120% entre 2011 e 2021 no país todo. No caso do Paraná, sede da entidade, a procura por profissionais de TI concentrou-se em Curitiba, que respondeu por metade da demanda de vagas.

Apesar do bom resultado do estado sulino, São Paulo liderava a empregabilidade, com 42% dos números de vínculos ativos em serviços de TI em 2021. Depois de São Paulo, os estados com maior número de vínculos ativos em serviços de TI são: Minas Gerais (9%), Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, com 7%, e Santa Catarina, com 6%. Já o Paraná se posicionou em sexto lugar entre as unidades federativas, com cerca de 39 mil empregos, o que corresponde a 6% do total nacional.

Os dados compilados pela Assespro-PR foram baseados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério da Economia. Para a análise, levaram-se em consideração o número de empregos e estabelecimentos ativos e a quantidade gerada de vagas com base no tamanho do estabelecimento, segundo o Yahoo.

É importante destacar ainda que, tanto no Paraná quanto no Brasil, as taxas de crescimento do emprego no ramo de Serviços em TI (119% e 76%, respectivamente) foram entre nove e dez vezes maiores que as registradas para o total da economia (13% e 7%, respectivamente) na década.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

fraudes bancarias Estratégia

Tentativas de fraudes bancárias evitadas chegam a R$ 766 milhões no Brasil

Aumento do ticket médio é o que mais assusta em levantamento da ClearSale

hiperpersonalizacao fidelidade Estratégia

A hiperpersonalização é o próximo nível no mercado de fidelidade

Para Fernanda Barchese, da Livelo, a hiperpersonalização permitirá o acompanhamento da jornada do cliente e as escolhas das melhores recompensas

instituicoes Estratégia

Inteligência artificial eleva o poder das instituições  

Para Tania Cosentino, da Microsoft, em pouco tempo não viveremos mais sem a inteligência artificial

Estratégia

Especialista defende ‘Cloud First’ diante da digitalização dos negócios

Segundo episódio da terceira temporada da websérie da Embratel, com Silvio Meira, debate o papel da migração das empresas para a nuvem