banking as a service

Banking as a service: entenda como serviços financeiros agregam valor ao negócio

2 minutos de leitura

A oferta de serviços financeiros é uma oportunidade de alavancar o negócio e potencializar os resultados, destaca estudo da McKinsey



Por Redação em 21/01/2022

Apesar de a oferta de produtos financeiros por empresas de outros segmentos ser uma realidade há mais de duas décadas, um artigo recente da McKinsey aponta que o movimento (conhecido como ‘banking as a service’) vem se acelerando nos últimos meses. Segundo a análise da consultoria, esse mercado representa uma importante oportunidade para empresas dos mais diversos setores gerarem valor para os seus clientes, o que se reflete em melhores resultados. 

“Novas ou tradicionais, dos mais variados setores e tamanhos, todas [empresas do segmento não-financeiro] querem explorar a imensa variedade de serviços possibilitados pelas novas tecnologias para engajar, fidelizar e aumentar a recorrência de seus clientes”, destaca o artigo. A McKinsey estima o mercado de produtos financeiros ofertados por empresas de outras áreas em algo entre R$ 11 bilhões e R$16 bilhões.

Como fomentar o banking as a service?

Independentemente da área de atuação, a consultoria elenca alguns critérios para viabilizar a oferta de produtos financeiros, confira!

  • Integre o serviço financeiro com o negócio
  • Crie uma oferta que seja tangível pelo cliente, por meio de parcerias que ofereçam benefícios (tais como prazo estendido de pagamento, descontos, participação em promoções, entre outros)
  • Conte com recursos para oferta de crédito
  • Garanta que a jornada do cliente seja fluida, independentemente da plataforma
  • Estabeleça estratégias para rentabilizar o serviço, tais como a venda de garantia estendida ou serviços de assistência, por exemplo.

De acordo com a McKinsey, os serviços financeiros em segmentos mais maduros, como varejistas, chegam a representar até 45% do EBITDA da empresa, em média. 

Vale ressaltar que as organizações que estão colhendo bons frutos com o banking as a service costumam ser marcas com relevância e reconhecimento, ter capilaridade relevante e com acesso a uma grande base de consumidores, parceiros e distribuidores, além de reunirem uma grande variedade de dados sobre gastos, recorrência e preferências dos clientes. No entanto, o diferencial mais importante destas empresas é a aposta em inovação.



Matérias relacionadas

Inovação

Edge computing habilita o próximo nível do mercado de games

Experiência do setor de games pode ser ampliada com edge computing e processamento de dados em nuvem, mostram especialistas

edge computing no Brasil Inovação

Internet das coisas impulsiona o edge computing no Brasil

Pesquisa mostra que a IoT é o principal motivador para que as empresas de telecom invistam em edge computing no Brasil

scott galloway Inovação

Metaverso será mais audível e menos visual, diz Scott Galloway

Para o professor da New York University, Scott Galloway, o metaverso terá, como interface dominante, os aplicativos de voz

BID Fintechs Inovação

Para BID, fintechs são solução para combater informalidade

As fintechs contribuem para a inclusão digital e isso, consequentemente, é uma forma de combater a informalidade nas transações financeiras