brasil 4.0

Brasil 4.0 vai além dos bilhões do 5G

< 1 minuto de leitura

Relatório do GSMA Latin America mostra caminho para um Brasil digital



Por Redação em 10/01/2023

O marco regulatório das telecomunicações completou 25 anos em 2022, com números expressivos: a indústria móvel, com investimentos da ordem de R$ 1 trilhão, representa 4% no PIB, com geração média anual de mais de 500 mil empregos e recolhimento de R$ 123 bilhões para fundos setoriais, além de pagamento de impostos locais e federais. Já a implementação do 5G poderá gerar benefícios de 590 bilhões por ano. Ou seja, o chamado Brasil 4.0 ou Brasil digital é uma alavanca para o crescimento da economia.

Os dados são do relatório do GSMA Latin America, intitulado O caminho para um Brasil digital – Agenda para 2023-2026. De acordo com o documento, o setor de telecomunicações não mediu esforços para se manter operante, buscando levar aos usuários a melhor experiência, tendo observado um aumento no uso das redes fixas de 12% e móveis de 10% entre 2020 e 2021, com a mudança repentina no padrão de consumo.

O crescimento é importante, pois um aumento de 10% na penetração da Internet móvel potencializa o aumento do PIB em 1,2%, ao passo que com 10% de aumento na digitalização de um país, o PIB pode ser incrementado em 1,9%, segundo a União Internacional das Telecomunicações (UIT).

Além da estabilidade regulatória e de incentivos tributários para ampliar o acesso, o relatório do GSMA Latin America também chama a atenção para a infraestrutura de telecomunicações. As recomendações incluem harmonizar políticas públicas com a Lei Geral de Antenas e assistência aos governos locais no desenvolvimento de políticas de simplificação, além de construir um marco intersetorial de infraestrutura junto com o setor privado, entre outras iniciativas.



Matérias relacionadas

5g porto Conectividade

Porto do Reino Unido adota rede privativa 5G

Tecnologia está sendo usada em conjunto com rede 4G LTE e seria a primeira rede inteligente 5G portuária do Reino Unido

lei de antenas Conectividade

Lei das Antenas está atualizada em 51,4% das cidades paulistas 

Números do InvestSP indicam que 332 municípios atualizaram legislação que permite avanço do 5G e de outros recursos

redes privativas 5g e redes privativas virtuais Conectividade

No próximo nível, quais serão os novos horizontes com Edge Computing, Redes Privativas 5G e Redes Privativas Virtuais?

Cristiano Moreira, da Embratel, e Lucas Godoy, da Ericsson, discutiram os custos associados à cloud e os benefícios de redes privativas para os usuários

5g china Conectividade

Avanço do 5G impulsiona inovação na China

O país alcançou 3,5 milhões de estações em fevereiro, segundo dado do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação (MIIT)