Febraban Tech 2024 Febraban Tech 2024
esg febraban tech 2024

ESG é um dos temas-chave do Febraban Tech 2024

3 minutos de leitura

O evento voltado para o setor financeiro reunirá diversos players para discutir o caminho ESG no Brasil – transição, inclusão e equidade



Por Redação em 21/06/2024

Transformação digital e ESG são duas tendências que caminham lado a lado. O motivo é que o uso de soluções tecnológicas pode efetivamente ajudar na redução das emissões de gases causadores do efeito estufa. Apesar da boa notícia, e somado a isso, ainda é preciso entender a necessidade de uma infraestrutura financeira.

Esse cenário é um dos temas-chave deste Febraban Tech 2024, que acontece em São Paulo de 25 a 27 de junho. O evento voltado para o setor financeiro reunirá diversos players para discutir o assunto em uma trilha denominada O caminho ESG no Brasil – transição, inclusão e equidade.

De acordo com a Febraban, na agenda climática, o setor bancário assumiu compromissos de redução de emissões e a neutralização de emissões até 2050.  

ESG no sistema financeiro já na abertura do evento

esg febraban tech 2024

Logo no primeiro dia de evento, uma agenda totalmente voltada à ESG e a importante participação do sistema financeiro nesse processo será debatida no Febraban Tech 2024. Executivos de alguns bancos vão destacar avanço da IA e as práticas de ESG como benefícios para a sociedade e os negócios. Entre eles estão Milton Maluhy Filho, do Itaú Unibanco; Tarciana Medeiros, do Banco do Brasil; Carlos Vieira, da Caixa; Mario Leão, do Santander; e Marcelo Noronha, do Bradesco. A mediação será de João Borges; da Febraban. 

A proposta da Febraban ao promover o debate é oportunizar aos executivos uma fala aberta sobre os compromissos com as práticas de ESG assumidos por suas instituições. Além disso, eles falarão sobre as ações que beneficiam o meio ambiente, e a sociedade, e impulsionam a competitividade econômica. 

O encontro acontecerá no auditório Febraban entre as 11h00 e as 12h30, ainda no dia 25 de junho. 

Outra agenda sobre o tema acontecerá no Estande Febraban Educação, ainda no dia 25, das 15h20 às 15h40. O Sicredi apresentará o case O social do ESG: um case de sucesso – Sicredi Social Inclusão e Equidade através do acesso à educação

Já no dia 26, o auditório Imersão dará voz às Conversas que Impactam: compromisso ético com IA e Comunicação Antirracista. A palestra acontecerá das 10h30 às 11h20 e tem Carlos Tunes (IBM) e Rafael Schur (EY) como debatedores. Outra palestra que acontecerá no dia 26, no auditório Febraban – Verde, das 11h15 às 12h15, é O Brasil no caminho da Transformação Ecológica. O tema será apresentado por: Annelise Vendramini, da FGV-SP; Gabriel Santamaria, do Banco do Brasil; Luciana Costa, do BNDES; Rafaella Dortas, do BTG Pactual; e Beatriz Secaf; da Febraban.

O descritivo do painel adianta que o Brasil está em uma posição privilegiada, nas quais as condições naturais o possibilitam liderar as discussões globais sobre a transformação da economia em bases sustentáveis e, em decorrência disso, pode captar grandes volumes de investimentos. 

Veja alguns nomes da trilha de ESG no Febraban Tech 2024: 

  • Amália Sangüeza Pardo, Superintendente de ESG do Banco Safra e diretora-adjunta do Comitê ESG da Febraban;
  • Annelise Vendramini, Coordenadora de Pesquisas em Finanças Sustentáveis da FGV-SP;
  • Amaury Oliva, Diretor de Sustentabilidade, Cidadania Financeira, Relações com o Consumidor e Autorregulação da Febraban;
  • Beatriz Secaf, Gerente de Sustentabilidade da Febraban;
  • Bruno Crepaldi, Superintendente de Relações Institucionais e Governança ESG do Itaú Unibanco; 
  • Camila Corá, Diretora Jurídica, de Pessoas e ESG do Banco Pan;
  • Carlos Tunes, Líder de Sustentabilidade da IBM Brasil;
  • Emanuelle Moraes, Gerente de Cidadania e Sustentabilidade do Centro Cooperativo Sicoob;
  • Fabiana Costa, Diretora de Sustentabilidade do Bradesco;
  • Gabriela Bertol, Sr. Head de Sustentabilidade do Santander Brasil;
  • Gabriel Santamaria, Gerente-geral de Sustentabilidade Empresarial do Banco do Brasil;
  • Juliana de Paula, Diretora de Responsabilidade Social do BTG Pactual; 
  • Kalyne Lima, Presidente Nacional da Cufa;
  • Karina Almeida, Head de Diversidade, Equidade e Inclusão do BNP Paribas Brasil
  • Leonardo Fleck, Head sênior de Inovação Sustentável do Santander Brasil;
  • Louize Pereira Oliveira, Supervisora de Cidadania e Sustentabilidade do Instituto Sicoob;
  • Luciana Costa, Diretora de Infraestrutura, Transição Energética e Mudança Climática do BNDES;
  • Luciana Nicola, Diretora de Relações Institucionais e Sustentabilidade do Itaú Unibanco;
  • Mariana Faria, Climate Change and Sustainability Services da EY;
  • Paulo Rodrigo de Lemos Lopes, Vice-presidente de Sustentabilidade e Cidadania Digital da Caixa;
  • Rafaella Dortas, Head de ESG do BTG Pactual;

Acompanhe a cobertura exclusiva do Febrabran Tech 2024 aqui, no Próximo Nível.



Matérias relacionadas

drex liquidez Inovação

Drex: mais liquidez com uso de ativos

Clarissa de Souza, a responsável pela arquitetura que suportará a nova moeda digital, explica a sua funcionalidade e segurança

inclusao mulheres Inovação

Inclusão das mulheres na liderança também chega ao setor financeiro

Para Marisa Reghini, características femininas como colaboração e visão holística têm muito a contribuir para a evolução do setor como um todo

tendencias digitais Inovação

Sete tendências digitais para a década, segundo Sandy Carter

Executiva da Unstoppable Domains é especialista em web 3.0 e apontou caminhos na recente SXSW

bancos preparacao quantica Inovação

Bancos, indústrias e pesquisadores trabalham na preparação quântica

Tecnologia ainda depende de respostas da ciência básica, mas empresas já buscam antecipar as oportunidades e desafios com computação e comunicação baseadas nas propriedades de partículas elementares