open finance

LGPD impulsionou o Open Finance, mostra Estudo

2 minutos de leitura

Relatório da Finansystech aponta que já são mais de 20 milhões de usuários e um universo de empresas que estão se adaptando para oferecer soluções inovadoras



Por Redação em 19/07/2023

A primeira grande mudança no setor bancário, em relação ao Open Finance, veio com a LGPD (Lei Geral de Proteção dos Dados). Os clientes passaram a ser donos dos seus próprios dados, ou seja, o histórico financeiro. O Open Finance é o movimento que permite que os clientes autorizem o acesso de instituições financeiras aos seus dados bancários. 

Com o avanço da tecnologia, por meio de APIs, esses dados ou informações podem transitar entre as instituições autorizadas de forma rápida e segura. De acordo com o relatório da Finansystech, a autorização ou consentimento do cliente é um dos pilares do sistema. Para o Banco Central, essa é uma forma de implementar o ecossistema e aumentar a competição entre instituições, beneficiando o consumidor final. 

A personalização da jornada do cliente é uma das possibilidades que o Open Finance proporciona às instituições, uma vez que, com a devida análise de dados, a empresa consegue analisar o comportamento do consumidor e tem condições de oferecer a oferta mais adequada ao perfil do cliente. Nesse sentido, o relatório da  Finansystech deixa claro que o Open Finance é, acima de tudo, um universo de novas oportunidades tanto para as instituições quanto para os clientes.

Leia também:

– Febraban Tech 2023: o que esperar do principal evento do setor financeiro

Impactos do open finance

Foto: Freepik

A abertura de dados movimentou o setor e os impactos podem ser mensurados mesmo com o pouco tempo de existência. De acordo com a Finansystech, já são mais de 20 milhões de usuários únicos e um universo de empresas que estão se adaptando para oferecer soluções inovadoras todos os dias. 

Em matéria do Estadão, foi publicado que, depois do Open Finance, o Banco do Brasil já ofereceu um aumento de R$ 700 mi em limites para seus clientes. O Bradesco, por outro lado, permite que as transações Pix em seu ambiente sejam feitas com saldos de outros bancos. O recurso começou a ser disponibilizado no app do banco, e é autorizado pelo Banco Central. Homologado como iniciador de pagamentos, é o primeiro banco a oferecer o recurso no país.

Já no Mercado Pago, até o ano passado (2022), mais de 600 mil clientes já usavam soluções via Open Finance.

Um dos pontos positivos da solução é que os consumidores podem ser beneficiados com a competição entre bancos e instituições financeiras. Nesse sentido, podem optar, por exemplo, pela instituição que oferecer as menores taxas de juros. 

A Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2023, realizada em parceria com a Deloitte, revelou que a inteligência artificial está na mira dos especialistas em tecnologia da informação bancária. Com o aumento do Open Finance por parte dos clientes, aumentou também a preocupação com segurança cibernética, automação e a eficácia dos assistentes virtuais. De acordo com a Febraban, as instituições terão o compromisso de se reinventar, combinando tecnologias inovadoras e serviços diferenciados e customizados aos clientes. 


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

tendencias tecnologicas para 2024 Estratégia

As 10 tendências tecnológicas para 2024, segundo o Gartner 

Previsões têm Inteligência Artificial em voga, e podem guiar as organizações no próximo ano

desoneracao Estratégia

Mercado de TIC defende desoneração da folha de pagamentos

Projeto depende de sanção da presidência da República; se aprovado, será um estímulo ao mercado

gastos globais com TI Estratégia

Gastos globais com TI devem ultrapassar US$ 5 tri em 2024

Relatório do Gartner aponta que os segmentos de software e serviços de TI terão crescimento em 2024

computacao em nuvem Estratégia

Mercado de computação em nuvem impulsiona novas tecnologias

Apesar de estar em estágio de amadurecimento, de acordo com especialistas, o mercado de nuvem deve crescer ainda mais