tendencias tecnologicas para 2024

As 10 tendências tecnológicas para 2024, segundo o Gartner 

3 minutos de leitura

Previsões têm Inteligência Artificial em voga, e podem guiar as organizações no próximo ano



Por Redação em 23/11/2023

O Gartner já lançou suas previsões e tendências tecnológicas para 2024. Os destaques foram apresentados durante o Gartner IT Symposium/Xpo, realizado em outubro. Segundo Bart Willemsen, vice-presidente analista do Gartner, os líderes de TI estão em uma posição única para estabelecer estrategicamente um roteiro onde os investimentos em tecnologia sustentam o sucesso dos negócios.

“As interrupções tecnológicas e as incertezas socioeconômicas exigem vontade de agir com ousadia e aumentar estrategicamente a resiliência em vez de respostas ad hoc”, disse.

Já Chris Howard, vice-presidente e analista chefe de pesquisa do Gartner salientou que os executivos devem avaliar os impactos e benefícios das tendências tecnológicas estratégicas, mas esta não é uma tarefa fácil, dada a taxa crescente de inovação tecnológica. “Por exemplo, a IA generativa e outros tipos de IA oferecem novas oportunidades e impulsionam diversas tendências. Mas obter valor comercial a partir do uso duradouro da IA ​​requer uma abordagem disciplinada para a adoção generalizada, juntamente com atenção aos riscos”, completou.

Conheça as principais tendências tecnológicas estratégicas para 2024:

1. IA generativa democratizada

tendencias tecnologicas para 2024

A previsão do Gartner é que, até 2026, cerca de 80% das empresas estejam usando APIs e modelos de IA generativa (GenAI) e/ou implementando aplicativos habilitados para GenAI em ambientes de produção. No início de 2023 eram menos de 5%. A IA generativa está democratizando com os modelos massivamente pré-treinados, computação em nuvem e código aberto.

De acordo com o Gartner, os aplicativos GenAI podem se tornar vastas fontes de informações internas e externas, e, o mais importante, acessíveis e disponíveis para usuários empresariais.

2. Gestão de confiança, risco e segurança da IA

O acesso à IA tornou urgente a necessidade de gestão de confiança, risco e segurança da IA ​​(TRiSM). A previsão do Gartner é que até 2026, as empresas que aplicam controles AI TRiSM aumentarão a precisão da sua tomada de decisão, eliminando até 80% de informações defeituosas e ilegítimas.

3. Desenvolvimento aumentado por IA

tendencias tecnologicas para 2024

O uso de tecnologias de IA e aprendizado de máquina a favor dos engenheiros de software podem auxiliar na codificação e teste de aplicativos. Quando a engenharia de software é assistida por IA, ela otimiza e melhora a produtividade do desenvolvedor. Além disso, as ferramentas de desenvolvimento baseadas em IA permitem que os engenheiros de software escrevam códigos em um espaço mais curto de tempo, podendo se dedicar a atividades mais estratégicas.

4. Aplicações Inteligentes

Aplicações que incluem inteligência para melhorar ou automatizar o trabalho também devem crescer. Nesse caso, a inteligência em aplicações compreende vários serviços baseados em IA, como machine learning, armazenamento de vetores e dados conectados. Por consequência, os aplicativos inteligentes proporcionam experiências que se adaptam dinamicamente ao usuário.

5. Força de trabalho conectada aumentada

Uma estratégia para otimizar o valor derivado dos trabalhadores humanos. Trata-se da força de trabalho conectada aumentada (ACWF), que é impulsionada pela necessidade de acelerar e dimensionar talentos, além da análise de força de trabalho. A ACWF impulsiona resultados empresariais e causa impacto positivo para os envolvidos. De acordo com Gartner, até 2027, cerca de 25% dos CIOs usarão iniciativas de força de trabalho conectada aumentada para reduzir o tempo de aquisição de competência em 50%.

6. Gerenciamento contínuo de exposição a ameaças

O gerenciamento contínuo de exposição a ameaças (CTEM) é uma abordagem pragmática e sistêmica para que as organizações avaliem a acessibilidade, a exposição e a explorabilidade dos ativos digitais e físicos de uma empresa. Segundo o Gartner, até 2026, a tendência é que as empresas priorizem seus investimentos em segurança com base em um programa CTEM. Assim, perceberão uma redução de mais de 65% nas violações.

7. Clientes-máquina

Os clientes-máquina ou custobots são atores econômicos não-humanos que podem negociar e adquirir autonomamente bens e serviços em troca de pagamento. De acordo com o Gartner, até o ano de 2028, existirão 15 bilhões de produtos conectados com potencial para se comportarem como clientes, com outros bilhões a seguir nos próximos anos. O melhor disso tudo é que será a fonte de trilhões de dólares em receitas até 2030. Além disso, se tornará mais significativa do que a chegada do comércio digital. 

8. Tecnologia sustentável

Uma estrutura de soluções digitais utilizadas para permitir resultados ambientais, sociais e de governança (ESG), apoiando o equilíbrio ambiental e os direitos humanos a longo prazo. Os impactos ambientais relacionados à área de TI preocupam o mundo. Por isso, é preciso que a utilização das TI se torne mais eficiente, circular e sustentável. O Gartner prevê que, até 2027, 25% dos CIOs terão remuneração associada ao impacto tecnológico sustentável.

9. Engenharia de plataforma

Construção e operação de plataformas de desenvolvimento interno de autoatendimento. Cada plataforma é criada e mantida por uma equipe dedicada a dar suporte às necessidades dos usuários, via interface com ferramentas e processos. O objetivo da engenharia de plataforma é otimizar a produtividade, a experiência do usuário e acelerar a entrega de valor comercial para as empresas.

10. Plataformas industriais em nuvem

O Gartner prevê que, até 2027, cerca de 70% das empresas usarão plataformas industriais em Nuvem (ICPs) com a finalidade de acelerar as iniciativas de negócios. Em 2023 eram apenas 15%. Os ICPs combinam SaaS e PaaS subjacentes para apresentar resultados relevantes ao setor. Geralmente isso inclui uma estrutura de dados do setor, uma biblioteca de pacotes de recursos de negócios, ferramentas de composição e outras inovações de plataforma.


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

ransomware Estratégia

Aumenta o número de vítimas de ransomware

Mais de 70% das organizações globais já foram assediadas por ransomware e tiveram consequências financeiras

politica nacional de ciberseguranca Estratégia

Política Nacional de Cibersegurança entra em vigor no Brasil

Entre os objetivos detalhados do decreto está prevista a regulação, fiscalização e controle para aprimorar a segurança e a resiliência cibernética nacional

computacao em nuvem Estratégia

Computação em nuvem pode gerar economia de US$ 3 trilhões até 2030

Relatório da consultoria McKinsey aponta melhorias que a tecnologia vai agregar

golpes digitais cresceram Estratégia

Golpes digitais cresceram 35% em 2023

Os golpes bancários ainda lideram a lista por segmentos, no Brasil