industria 4.0

Indústria 4.0 receberá US$ 950 milhões em investimentos até 2030

2 minutos de leitura

Quarta revolução industrial deverá ser marcada pela digitalização de processos industriais e o uso de novas tecnologias



Por Redação em 17/11/2022

Parceria Editorial

O uso de novas tecnologias como robôs automatizados, inteligência artificial e realidade aumentada devem transformar o setor industrial nos próximos anos. A Indústria 4.0 – como é chamada esta nova era da indústria – está se consolidando no mercado com o advento do 5G, que se revela como o grande habilitador desse movimento. De acordo com levantamento da ABIResearch, essa combinação de tecnologias está consolidando um mercado que pode receber aportes de US$ 950 milhões até 2030, como destacou publicação do Estúdio Folha no início deste mês de novembro.

Segundo Luiz Felipe Kazan, gerente de Desenvolvimento de Negócios em Indústria da Embratel, o 5G servirá como suporte para a criação de redes com mais velocidade e baixa latência, que são características intrínsecas a essa geração de conectividade e que têm se revelado indispensáveis para potencializar a aplicabilidade de soluções para a indústria 4.0. “A indústria 4.0 está muito perto de realizar seu potencial. Grande parte dessa realização depende da disponibilidade e utilização das redes 5G, que levarão o segmento a um novo patamar tecnológico”, disse ele em entrevista para a publicação da Folha de São Paulo

5G e a indústria 4.0

O conceito de indústria 4.0 pode ser entendido como um lugar onde tecnologia e o espaço digital se transformam em ferramentas indispensáveis para as empresas. Nesse aspecto, o 5G é capaz de criar uma rede privada de internet com alta transmissão de dados e oferecer mais precisão e segurança ao setor industrial, que conta com cada vez mais dispositivos conectados.

Para Kazan, o 5G permitirá também uma melhor interconexão entre banco de dados, sistemas e máquinas, sendo capaz de criar um processo de gerenciamento de dados mais inteligente e ágil. “Estamos na era da indústria 4.0, onde sistemas e aplicações conversam entre si para oferecer mais agilidade ao negócio, que passou a ser apoiado por dados que ajudam a perceber mudanças nas necessidades dos consumidores e a tomar decisões rápidas”, definiu ele.

Além de redução de custos, autonomia e mais segurança para a indústria, a também chamada quarta revolução industrial pode aumentar produtividade e conectar cadeias de fornecimento.

Não por menos, um estudo da McKinsey com o Fórum Econômico Mundial já prevê que a indústria 4.0 pode agregar um valor de mercado superior a US$ 3,7 trilhões somente nos próximos três anos.



Matérias relacionadas

drex liquidez Inovação

Drex: mais liquidez com uso de ativos

Clarissa de Souza, a responsável pela arquitetura que suportará a nova moeda digital, explica a sua funcionalidade e segurança

inclusao mulheres Inovação

Inclusão das mulheres na liderança também chega ao setor financeiro

Para Marisa Reghini, características femininas como colaboração e visão holística têm muito a contribuir para a evolução do setor como um todo

tendencias digitais Inovação

Sete tendências digitais para a década, segundo Sandy Carter

Executiva da Unstoppable Domains é especialista em web 3.0 e apontou caminhos na recente SXSW

bancos preparacao quantica Inovação

Bancos, indústrias e pesquisadores trabalham na preparação quântica

Tecnologia ainda depende de respostas da ciência básica, mas empresas já buscam antecipar as oportunidades e desafios com computação e comunicação baseadas nas propriedades de partículas elementares