IoT e 5G no radar das empresas no Brasil

< 1 minuto de leitura

O levantamento IoT Snapshot mostrou que 42% das empresas do Brasil querem desenvolver soluções de internet das coisas (IoT) nos próximos 18 meses



Por Redação em 14/06/2022

As aplicações de internet das coisas (IoT) estão no radar de empresas de diversos segmentos no Brasil. Por exemplo, no agronegócio, setor em que pelo menos metade dos empreendimentos tem planos concretos de investimento na área. Mas outros segmentos –  supply chain, telemedicina, veículos autônomos – também devem ser beneficiados com os avanços da tecnologia. 

Segundo a pesquisa IoT Snapshot, elaborada pela Logicalis, empresa global de soluções e serviços de TIC, 42% das organizações planejavam investimentos na tecnologia nos próximos 18 meses (a partir da data em que o levantamento foi realizado, entre agosto e setembro de 2021). Para tanto, o 5G, com suas características de baixa latência, maior banda e velocidade, além de possibilidade de conexões simultâneas, é considerado um alavancador. 

5G vai alavancar IoT

O estudo mostrou que o avanço do 5G deve potencializar a utilização de soluções de IoT para os mais diversos setores e aspectos da estratégia corporativa. As expectativas para a implementação do 5G são mais altas para o médio prazo (3 a 5 anos), com interesse médio e alto totalizando 76% no Brasil e 69% nos demais países latino-americanos. 

A pesquisa também identificou que a maior velocidade é o aspecto considerado mais atrativo para os executivos brasileiros em relação ao 5G, sinalizado por 79% dos entrevistados. Já para os hispano-americanos, a maior capacidade de conexões simultâneas é considerada a característica mais atrativa, destacada por 74%. Porém, não foi verificada uma diferença muito sensível na atratividade das três características principais do 5G (velocidade, baixa latência e multiplicidade de conexões).


E-book gratuito: saiba como implementar uma cultura de cibersegurança na sua empresa

Saiba mais


Matérias relacionadas

computacao em nuvem Estratégia

Computação em nuvem pode gerar economia de US$ 3 trilhões até 2030

Relatório da consultoria McKinsey aponta melhorias que a tecnologia vai agregar

golpes digitais cresceram Estratégia

Golpes digitais cresceram 35% em 2023

Os golpes bancários ainda lideram a lista por segmentos, no Brasil

ia em bancos Estratégia

Uso de IA em bancos traz hiperpersonalização de atendimento

Instituições financeiras apostam na tecnologia para replicar conceito de private banking no varejo

tentativas de fraude Estratégia

Vendas de fim de ano registram cerca de R$ 83,8 milhões em tentativas de fraude

Contudo, estudo realizado pela ClearSale revelou queda de 15,7% no valor das tentativas, em relação a 2022