sensores de seguranca

Sensores de segurança real-time facilitam recuperação de dados

2 minutos de leitura

Sensores e outras tecnologias fornecem segurança sofisticada para ativos críticos e situações de risco



Por Redação em 16/10/2023

Os sensores de segurança estão conquistando espaço no mercado. Não por acaso, o monitoramento real-time, ou em tempo real, auxilia na recuperação de dados tanto em casos de segurança física quanto digital. 

De acordo com a análise da Frost & Sullivan, Sensor Technologies Impacting the Physical and Digital Security Market, até 2025 será registrado um aumento significativo no uso de tecnologias de detecção com sensores de segurança, para aplicações físicas e digitais, incluindo câmeras. Alguns ativos críticos, como identidades pessoais e biometria, por exemplo, já são protegidos por sensores de segurança integrados a outras tecnologias emergentes, como LiDAR e THz.

Para Varun Babu, analista industrial da TechVision na Frost & Sullivan, as novas tecnologias estão impulsionando o desenvolvimento de sistemas de segurança. “Sensores, drones, robótica e dispositivos habilitados para Internet das Coisas (IoT) impulsionarão a adoção de sistemas de segurança”, declarou . Para Babu, essa integração com outras tecnologias emergentes, como sensores LiDAR e THz, fornecerá alta segurança para ativos críticos, como identidade pessoal e biometria

“Os fornecedores de tecnologia de sensores devem trabalhar em estreita colaboração com soluções de software de segurança, para construir um sistema de gerenciamento robusto e fácil de usar. Além disso, devem construir parcerias fortes e desenvolver em conjunto soluções de gestão de videovigilância para superar as barreiras internas ao desenvolvimento tecnológico nos próximos dois ou três anos”, apontou o especialista.

Sensores de segurança e as novas tecnologias

sensores de seguranca

A adoção de sensores em aplicações de segurança abrirá oportunidades para o setor de tecnologia, com maior presença de inteligência artificial e machine learning.

Nesse sentido, com a IA, os profissionais de segurança detectarão de forma preventiva os equipamentos defeituosos, como câmeras de monitoramento, por exemplo. Outro dado importante é que o uso da tecnologia vai ajudar a diminuir as chances de ataques cibernéticos.

Já com machine learning, fabricantes e fornecedores de serviços de segurança física e digital podem criar sistemas de segurança e monitoramento de vídeo que notificam os usuários sobre atividades consideradas suspeitas.

A robótica e os drones também compõem o cenário de segurança. Com eles, a vigilância fará o monitoramento aéreo de criminosos nas ruas, o que ajudará a reduzir acidentes em perseguições, por exemplo. Como os drones são mais seguros em relação à vigilância tradicional, garantem o retorno de investimento com agilidade.



Matérias relacionadas

hackers de yale Inovação

Hackers de Yale estão cada vez mais interessados em medicina preventiva

Além da Yale, outras 19 instituições de ensino estavam representadas para estudar o tema

robo pianista Inovação

Robô pianista é criado por estudantes brasileiros

O PianoBot foi desenvolvido por quatro alunos de Engenharia Mecatrônica do Insper

chips de ia Inovação

Tendência: o mundo precisará de mais chips de IA em 2024

Materiais são usados ​​no desenvolvimento e disponibilização de modelos de inteligência artificial

porto maravalley Inovação

Rio de Janeiro cria hub tecnológico Porto Maravalley

Presença de startups e curso superior do IMPA, dentre outras inovações, trarão novas oportunidades à zona portuária do Rio de Janeiro