redes neutras

Redes neutras de fibra óptica viabilizam novos negócios

2 minutos de leitura

Redes neutras para conexão de banda larga estão amadurecendo novos modelos de negócios para provedores de acesso à internet e investidores



Por Redação em 28/04/2022

Criadas em 2021, as redes neutras de fibra óptica têm potencial para transformar o mercado de banda larga no Brasil. Isso porque o conceito do operador neutro permite que várias empresas utilizem a mesma infraestrutura, que no caso é a fibra óptica, mas podem ser também cabos metálicos, redes móveis e até mesmo satélite. A tecnologia que viabiliza esse tipo de operação é a chamada VLAN (Virtual Local Area Network), que permite a criação de redes virtuais na camada de enlace. 

Segundo reportagem do Valor, um dos grandes custos atuais desse mercado é a operação. Apesar de as empresas de maior terem saído na frente, as menores estão expandindo seus serviços por meio de redes neutras. Assim, uma empresa interessada em se tornar um provedor de internet pode simplesmente alugar a capacidade dessa rede e cobrir cidades inteiras, sem investir em uma rede própria.

“Além do preço da infraestrutura, existe outro problema, que é o poste, o qual é finito. O mercado vem procurando alternativas. Vínhamos falando de compartilhamento, mas é um processo cultural e demora um pouco para acontecer”, acrescentou Eduardo Parajo, vice-presidente da Associação Brasileira de Internet (Abranet), ao Valor. 

Redes neutras podem aumentar a competição no mercado

De acordo com Nilo Pasquali, superintendente de planejamento e regulamentação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a exploração de serviços de telecomunicações com base em redes de terceiros existe desde a criação do órgão. Segundo ele, a vantagem das redes neutras é a redução de custos, o que pode se refletir em maior facilidade para o surgimento de novas prestadoras, ampliação da competição e redução de preços para os usuários dos serviços.

No entanto, ainda existe uma certa insegurança no mercado. Alguns provedores de internet têm, por exemplo, receio de que o dono da rede mude de ideia e decida competir pelo cliente. Mas, quem está no negócio diz que é necessário ter confiança no processo, credibilidade, isonomia e transparência, e isso pode levar algum tempo a acontecer.



Matérias relacionadas

zero trust Estratégia

Entenda o conceito de segurança Zero Trust

Com a nuvem, cada vez mais os usuários e dispositivos acessam dados de suas empresas a partir de qualquer lugar, o que aumenta a vulnerabilidade

habilita o varejo Estratégia

Tecnologia se tornou espinha dorsal que habilita o varejo

Em entrevista, Daniel Feche, da Embratel, explica que a pandemia não só acelerou a digitalização do varejo como também mostrou a relevância das tecnologias para os negócios

home office microsoft Estratégia

Para CEO da Microsoft, home office abre várias oportunidades

Tânia Cosentino, CEO da Microsoft, diz que o home office veio para ficar e que o modelo de trabalho flexível permite que empresas, principalmente de tecnologia, retenham talentos

varejo em 2022 Estratégia

Conheça as cinco tendências para o varejo em 2022

Digitalização foi um dos motivos para o bom desempenho do setor. Conheça as demais razões para o sucesso